Bem-vindo à central de ajuda do Almoxarifado do sistema Saúde 



O módulo Assistência Farmacêutica, presente no sistema Saúde, permite às unidades de saúde cadastrar e gerenciar todas as medicações e materiais utilizados pelos profissionais das unidades, bem como àqueles fornecidos aos clientes, além do envio de prestações de contas ao BNDASAF das movimentações mensais.

Vejamos a seguir as principais rotinas disponíveis no módulo Assistência Farmacêutica, as quais são o Almoxarifado e seus respectivos cadastros, a Farmácia provendo as dispensas de medicamentos e cadastros de receitas e a Exportação.

Por definição, um almoxarifado é o local destinado à guarda, localização, segurança e preservação de materiais adquiridos, a fim de suprir as necessidades específicas. 

No contexto do sistema Saúde, consiste no cadastro e controle de medicamentos e materiais adquiridos pela entidade, distribuídos às unidades de saúde e estas, por sua vez, consomem e dispensam tais produtos. 

Assim como outras rotinas do sistema, o módulo Assistência Farmacêutica é voltado para o contexto selecionado, ou seja, os dados pertinentes ao estoque exibidos referem-se à unidade de saúde selecionada ao contexto. Esse ponto será detalhado mais adiante quando falado das requisições e transferências dos estoques.

Com acesso por meio do menu Administrando > Estoque > Almoxarifado, o ambiente apresenta uma série de rotinas pertinentes à gestão de estoque.

Vejamos quais são as principais rotinas destacadas acima:

  • Estoque: permite que seja visualizado, em tempo real, o saldo das medicações em estoque. Permite também, ajustar dados do lote como: fabricante, descrição do lote, data de fabricação e validade
  • Entradas: permite que seja dado entrada de medicamentos no estoque, com suas características específicas.
  • Requisições: permite que sejam efetuadas requisições de medicamentos e materiais entre unidades de saúde. Nesse ambiente é possível ainda controlar as requisições:
    • Enviadas: requisições feitas a outra unidade de saúde;
    • Recebidas: requisições solicitadas/originadas de outras unidades de saúde àquela do contexto.
  • Transferências: permite que sejam efetuadas transferências de medicamentos e materiais entre unidades de saúde. Nesse ambiente é possível ainda controlar as transferências:
    • Enviadas: transferências feitas a outra unidade de saúde;
    • Recebidas: transferências recebidas de outras unidades de saúde àquela do contexto.
  • Consumo interno: permite que sejam cadastradas as baixas no estoque dos medicamentos e materiais para consumo interno, isto é, dos profissionais das unidades de saúde. 
  • Baixas: permite que sejam cadastradas as baixas no estoque dos medicamentos e materiais geralmente por sinistro (avarias, vencimentos, etc). 
  • Inventários: permite que sejam cadastradas e realizados inventários de todo o estoque. 
  • Cadastros: permite que sejam efetuados diversos cadastros que envolvem o gerenciamento do estoque, sendo eles:
    • Produtos;
    • Grupos e subgrupos;
    • Fornecedores;
    • Fabricantes;
    • Centros de custo
    • Apresentações
    • Ações terapêuticas. 

Podemos afirmar que os cadastros por último mencionados acima são os principais dentro da gestão de estoque e farmácia. Assim sendo, vejamos com mais detalhes esses cadastros, particularidades e impactos que eles ocasionam.

Como já mencionado, para um gestão de estoques de medicamentos e materiais adequada é preciso, de antemão, efetuar os cadastros desses produtos. Afinal, sem produtos, não tem como nem mesmo dispensá-los a um cliente, por exemplo. 

Na sequência, vejamos como efetuar tais cadastros. Lembrando que o acesso ocorre por meio do menu Administrando > Estoque > Almoxarifado guia Cadastros.

Os cadastros não precisam ser registrados na ordem apresentada na tela. Todavia, um cadastro pode ser dependente de outro e o cadastro de produtos é o mais complexo de todos eles. 

O sistema já traz uma série de ações terapêuticas padrão, mas, mesmo assim, por meio do menu Administrando > Estoque > Almoxarifado guia Cadastros > Ações terapêuticas e clicando em +AÇÃO TERAPÊUTICA é possível criar novas ações terapêuticas.

Neste cadastro será possível criar e definir a forma de apresentação de todos os produtos a serem cadastrados posteriormente no sistema.O cadastro ocorre por meio do menu Administrando > Estoque > Almoxarifado guia Cadastros > Apresentações clicando no botão +APRESENTAÇÃO.

 

Dentro da gestão do estoque é possível cadastrar centros de custo. Com isso, cada unidade de saúde pode definir sua estrutura de controle de armazenamento de medicamentos e produtos. 

O cadastro ocorre por meio do menu Administrando > Estoque > Almoxarifado guia Cadastros > Centros de custo. O sistema vai exibir o nome da(s) unidade(s) de saúde cadastradas no sistema. Para incluir um centro de custo vinculado a uma unidade basta clicar no botão de +.

De modo semelhante, é possível incluir mais ramificações aos centros de custo já incluídos, criando uma estrutura hierárquica. Toda essa estrutura permite maior controle e gerenciamento dos produtos, principalmente de algumas medicações que precisam ser armazenadas em geladeiras ou ambientes com controle de temperatura, por exemplo.

Além dos campos obrigatórios e informativos do cadastro, é possível ainda definir este fabricante como sendo um Fornecedor ou ainda um Produtor PNI (Plano Nacional de Imunização), bastando para isso, clicar nos respectivos botões.

Análogo ao cadastro de fabricantes, o de fornecedores ocorre por meio do menu Administrando > Estoque > Almoxarifado guia Cadastros > Fornecedores botão +FORNECEDOR.

O cadastro é simples. É possível definir um fornecedor como sendo pessoa Jurídica ou Física.

Por meio do menu Administrando > Estoque > Almoxarifado guia Cadastros > Grupos e subgrupos e clicando em +GRUPO será possível efetuar o registro dos grupos e subgrupos que determinado produto pertence. Ou seja, esses cadastros funcionam como espécie de classificação de produtos.

O cadastro do grupo é composto por apenas dois campos: Grupo e Tipo de grupo, onde neste último contém uma lista pré-determinada.

Já o subgrupo é uma ramificação ou subclassificação de um grupo. Neste cadastro é necessário informar um grupo pai e o nome do subgrupo:

Analisamos o seguinte exemplo: Vacina BCG 

BCG seria o produto o qual pertence ao grupo Vacinas. Poderíamos ainda ter um subgrupo das vacinas como sendo injetáveis, gotas, etc. 

Deu pra entender?

IMPORTANTE: de acordo com o grupo do produto, no momento do cadastro dos produtos diferentes campos serão apresentados!

O cadastro de produtos, no contexto da gestão do estoque é um dos cadastros mais importantes, senão o mais. Para cadastrar um novo produto basta ir no menu Administrando > Estoque > Almoxarifado guia Cadastros > Produtos. 

Independentemente de qual seja o grupo de produtos, clicando em +PRODUTO são apresentados as seguintes guias para preenchimento:

  • Produto
  • Apresentação
  • Disponibilidade
  • Código de barras

Inicialmente, na guia Produto, se faz necessário indicar a qual grupo pertence o produto, qual a descrição do mesmo, além de controles como Controlar a validade do produto e se o mesmo vai Enviar ao BNDASAF. Se esta opção foi indicada, obrigatoriamente o campo CATMAT deverá ser preenchido, isto é, vincular o código CATMAT ao produto.

Entretanto, como mencionado anteriormente, de acordo com o Grupo do produto, no momento em que ele é selecionado, campos diferentes são apresentados para preenchimento do cadastro.

Vejamos a seguir um exemplo de um produto que possui um grupo do tipo Medicamentos. 

Perceba que no destaque na imagem acima são campos pertinentes a dados importantes de medicamentos, como o princípio ativo, ação terapêutica, a via de uso, dados da receita, etc.

Agora outro exemplo, dessa vez de um cadastro de produto do grupo Vacinas.

 Diferente dos medicamentos, nos produtos do grupo Vacinas é habilitado apenas o campo Imunobiológico para ser selecionado qual imunobiológico pertence aquele produto. Vale ressaltar que a listagem apresentada não é editável.

Na guia Apresentação será possível definir todas as formas de apresentação que o produto pode ter, conforme o Cadastro de apresentações

Além das formas de apresentação que o produto pode ter, será possível indicar se tal forma será utilizada para a dispensa ou não.

Por exemplo: um produto pode ser comprado em caixas, e somente ser dispensado em cartelas.

Na guia Disponibilidade será configurado e definido em quais unidades de saúde aquele produto estará disponível para consulta. Além da consulta propriamente dita, as unidades poderão dar entrada e efetuar demais movimentações relacionadas ao produto.

Na tela são exibidas todas as unidades de saúde cadastradas no sistema, onde é possível efetuar uma busca por uma unidade por nome ou CNES.

Para disponibilizar o produto a uma ou mais unidades de saúde basta marcar a unidade em questão. Mas vale ressaltar que, por padrão, todas já vêm marcadas como disponível!

Clicando em Gerencia