Bem-vindo à central de ajuda do Atendimento ambulatorial do sistema Saúde (Cloud)



A Triagem inicia quando o profissional da unidade registra as primeiras informações e queixas do paciente, com o objetivo de determinar a prioridade para o atendimento. 

Para iniciar o processo de Triagem, observe na Fila os pacientes com status Aguardando e clique em Atendimento presencial, caso o CBO do profissional seja de um profissional técnico ou enfermagem, o sistema direciona para a Triagem automaticamente, caso não for, basta clicar na guia Triagem, para ter acesso às informações.

No campo Queixas/sintomas, é possível preencher as informações passadas pelo paciente e informar se o atendimento é Escuta inicial/orientação.

Alergias: caso o cliente possua alergias, o sistema irá alertar nos demais processos que envolvem o cliente sobre a alergia informada neste campo.

Os Sinais vitais, são as medidas corporais básicas.: Pressão arterial, Pulso, Temperatura, Frequência respiratória (FR).

Na Avaliações gerais pode ser informada a: Saturação de O2, Pico de Fluxo Respiratório (PFE), Hemoglicoteste (HGT).

Já na Avaliação antropométrica é possível registrar a medida das dimensões físicas do corpo, por meio dos dados: Peso, Altura, Cintura, Quadril, Perímetro cefálico e Perímetro torácico

O resultado do preenchimento dessas informações resultam em: 

Índice de Massa Corporal (IMC): medida internacional usada para calcular se uma pessoa está no peso ideal. No sistema, o seu cálculo é realizado automaticamente após informar o Peso e Altura;

Relação cintura/quadril (RCQ): essa relação mostra o risco de o cliente apresentar doenças cardiovasculares. O seu cálculo é realizado automaticamente após ser informado os cm de Cintura e Quadril

Nas Classificações é possível registrar: a Escala da dor, Escala de coma de Glasgow, Superfície Corporal Queimada (SCQ) e o Risco, que define a prioridade de atendimento do cliente na fila.

Dor: ao clicar, uma janela é aberta para que seja identificado a intensidade da dor: leve, moderada ou intensa, em uma escala numérica de 0 a 10, que o cliente está sentindo.

Glasgow: ao clicar, uma janela é aberta para que o profissional registre a avaliação do nível de consciência do cliente, com base na análise realizada pela ABERTURA OCULAR, RESPOSTA VERBAL e RESPOSTA MOTORA. Esta escala funciona como parâmetro para avaliação e depois de informados os dados de cada item, o sistema demonstra o resultado em números que classificam o grau de consciência do cliente como Grave, Moderado ou Leve, conforme apresentada na imagem abaixo:

SCQ,  caso o cliente possua a Superfície corporal queimada, o sistema obtém o percentual de queimadura por meio da Regra dos Nove, considerando a profundidade do local atingido. O cálculo da extensão do agravo é classificado de acordo com a idade, classificando as queimaduras em: Primeiro, Segundo e Terceiro Grau.

Para registrar a queimadura como Primeiro Grau, basta dar um clique sobre a parte do corpo, para Segundo Grau, dois cliques e Terceiro Grau, três cliques.

Com base nas informações coletadas na Triagem, o profissional possui conhecimento e autonomia para classificar o grau de risco (urgência) do cliente em cinco níveis/cores: Emergência, Muito urgente, Urgente, Não urgente e Baixa complexidade.

  • Emergência: Clientes em estado gravíssimo, com necessidade de atendimento imediato e risco de morte;
  • Muito urgente: Clientes em estado grave e risco significativo de evoluir para morte, necessitando de atendimento urgente;
  • Urgente: Clientes cuja gravidade é moderada necessitando de atendimento médico, sem risco imediato;
  • Não urgente: Clientes cuja necessidade é contemplada pelos estabelecimentos de Atenção Básica, e são considerados pouco urgente;
  • Baixa complexidade: Clientes cuja necessidade é contemplada pelos estabelecimentos de Atenção Básica e são considerados de baixa complexidade, não exigindo atendimento imediato.

Além de realizar a TRIAGEM, é possível visualizar o histórico de triagens anteriores do cliente, na aba HISTÓRICO. Para visualizar de forma detalhada a triagem, basta clicar sobre o ícone Visualização (olho). O sistema também apresenta se o atendimento é atual ou anterior por meio de cor, onde a cor verde representa o registro do atendimento atual.

Com o objetivo de contabilizar e mensurar os procedimentos realizados, na aba PROCEDIMENTOS demonstra todos os procedimentos realizados durante a TRIAGEM.

Conforme o preenchimento de algumas informações da triagem, o sistema automaticamente irá gerar os procedimentos nesta guia, e caso seja necessário, é possível adicionar mais procedimentos por meio do botão +PROCEDIMENTOS.

Finalizada a triagem, clique em FINALIZAR TRIAGEM para registrar as informações adicionadas até o momento para que o cliente possa seguir para o atendimento conforme sua necessidade. Caso necessite realizar mais de uma Triagem, o sistema irá disponibilizar esta ação.

É possível finalizar o atendimento na Triagem, na seta ao lado do botão FINALIZAR TRIAGEM, tem a possibilidade de FINALIZAR ATENDIMENTO.