Implantando ou migrando o Saúde (Cloud)?



Fique atento aos passos!

As orientações aqui apresentadas, têm o objetivo de auxiliar o processo de migração ou implantação para o Saúde (Cloud), seja em todas as etapas do processo, como na evidenciação das configurações necessárias.

Como sugestão, caso seja um cliente Saúde Fly mantenha em paralelo, o  funcionamento do sistema Saúde (Fly) até que a entidade conclua a migração por completo do módulo em questão.

Saúde (Cloud) e o sistema Saúde (Fly): Para que o processo de migração seja realizado, é necessário abertura de chamado do tipo Tratamento de dados para a respectiva equipe do sistema. Nele  você informa a entidade, data de início de uso do novo sistema, e concede permissão de acesso ao analista que realizará o atendimento do chamado.

Vale ressaltar que na abertura desse chamado, é necessário informar quais módulos que serão migrados, dentre eles: 

–  Atendimento;
Estoque abrangendo toda a movimentação de produtos (Entradas, Requisições, Baixas, entre outros), dispensas e vacinas (Aplicações e Quadro de cobertura);
–  Agendamento e Regulação;
APS (Atenção Primária em Saúde), abrangendo Atendimento domiciliar, Atividade Coletiva, Turmas, Cadastro Individual, Visita Domiciliar, Cadastro de Imóveis e Consumo alimentar e Faturamento (e-SUS/BPA).

A partir desse processo, a equipe responsável irá realizar as etapas necessárias para efetuar o processo de migração.

  • É necessário que a partir da migração dos dados oficial, a partir da data definida entre a equipe e o cliente, o sistema Saúde Fly não deve mais ser alimentado, e se possível remover as permissões de acesso do usuário na funcionalidade já migrada.

Vale ressaltar que para cada passo do processo de migração, é necessário a abertura de um chamado. 

Para fazer uso dos sistemas, você deve possuir uma velocidade de conexão com a internet adequada e utilizar um dos navegadores listados abaixo:

Sistema operacional Windows (7, 10 ou Server 2008 ou superior);

Após receber o e-mail com o número serial, conforme o exemplo abaixo, é preciso realizar o processo de liberação do sistema. Para isso acesse: https://cloud.betha.com.br/#/liberacoes/entidade.

Informe o número de série recebido por e-mail e clique no botão LIBERAR. Liberação realizada, acesse o ambiente Administrador do Transparência (Cloud) e selecione a entidade que deseja trabalhar para iniciar o processo de configuração.

Nesta etapa, o usuário administrador do sistema, deve revisar as Permissões ou Criar as mesmas para os usuários do sistema. Para isso, basta acessar Utilitários > Gerenciador de acessos.

Para mais informações sobre a ferramenta de Gerenciador de acessos, clique aqui

O relacionamento de todos os profissionais com seu devido usuário, é realizado no sistema Saúde (Fly) por meio do menu  Cadastros > Pessoas > Profissionais. Ao acessar essa funcionalidade, informe por meio do campo Usuário vinculado o usuário que você deseja conceder acesso ao sistema Saúde (Cloud), conforme apresentado abaixo:

IMPORTANTE

Vale ressaltar que é somente um usuário por profissional. No sistema Saúde (Cloud), não é permitido um mesmo usuário vinculado para mais de um profissional.