ARRECADACAO E FISCALIZACAO_SET ICONES-29

Importação de CSV no Cloud



O conteúdo abaixo apresenta de forma simples a rotina de como realizar a importação de dados de exercícios anteriores oriundos do CSV para os sistemas da linha Cloud: Contábil e Planejamento.

Conhecer este processo possibilita dar mais agilidade nas emissões dos relatórios ou demonstrativos legais pelo cliente ao dispensar a abertura de chamado para apoio da equipe da Vertical Contábil. Afinal, você profissional técnico, pode otimizar tempo ao realizar essa importação seguindo apenas as etapas aqui apresentadas.

Como realizar a importação de dados do CSV para os sistemas Cloud

Antes de realizar a todos o processo de importação de dados anteriores em CSV para os sistemas Cloud é importante conhecer uma das grandes melhorias realizadas nas emissões dos relatórios da LRF, a qual tem por objetivo realizar a busca de informações diretamente nas APIs da STN.

É isso mesmo!

Agora, na tela de parâmetros para a emissão, estão disponibilizadas as opções Sim e Sim (atualizado) no campo Consolidado. Ao selecionar a primeira opção (Sim), o sistema realizará a busca dos dados de anos anteriores diretamente no SICONFI.

Vale ressaltar que esta busca dos dados transmitidos ao SICONFI garante a inalterabilidade dos retroativos, maior performance na emissão do relatório e agilidade nas implantações do sistema, visto que não serão mais necessários upload de planilhas para implantação dos relatório da LRF RREO do ano anterior.

Para tanto, ao selecionar a opção Sim (atualizado), além de considerar todas as entidades do município, para a emissão de valores de anos anteriores, o sistema realiza a busca os dados alimentados nele mesmo. Logo é necessário efetuar todo o processo de importação descrito abaixo.

O demonstrativos legais que já possuem essa melhorias são:

RREO
Anexo 03 - Demonstrativo da Receita Corrente Líquida
Anexo 06 - Demonstrativo dos Resultados Primário e Nominal

RGF
Anexo 01 - Demonstrativo da Despesa com Pessoal
Anexo 02 - Demonstrativo da Dívida Consolidada Líquida

Conforme já citado no início desta página, as orientações aqui apresentadas têm o objetivo de auxiliar você na importação dos dados de exercícios anteriores dos sistemas Desktop, em formato CSV, para os sistemas Cloud: Contábil e Planejamento.

Para isso o primeiro passo é o preenchimento dos dados nos arquivos abaixo de forma consolidada. Esse preenchimento pode ser realizado pelo cliente ou pelo profissional técnico que realizará a importação.

Cada um dos arquivos, possui uma guia com orientações gerais, bem como, o modelo de preenchimento de cada demonstrativo legal em formato CSV referente ao Desktop e que possui fonte de dados disponível para o Cloud.

Ainda na guia orientações gerais, observe a existência de duas listagens, as quais representam o relacionamento entre o demonstrativo do Desktop com a fonte dados do Cloud.


Lembre-se de conferir o código da entidade informado na planilha conforme o cliente responsável pela solicitação da importação.

Após o preenchido da planilha (arquivo modelo) com valores consolidados, você deverá iniciar a configuração da estrutura do arquivo CSV que será importado.

Após o preenchimento com dados consolidados de cada guia da planilha (CSV de Exercícios Anteriores – Contábil e CSV de Exercícios Anteriores – Planejamento), você deverá realizar a cópia desses dados para cada um dos arquivos disponibilizados nas pastas abaixo. Para tanto, essa substituição deve acontecer por meio de algum programa editor de texto, como por exemplo Notepad++.

Faça o download, perceba que cada pasta possuem os CSVs separados, nos quais os dados deverão ser copiados.

Então abra um dos CSV exemplo por meio do programa editor de texto e substitua os dados presentes nele pelos dados da entidade. Veja pelo vídeo abaixo que o cabeçalho do TXT não é substituído pelo da planilha que contém os dados, pois caso seja substituído é possível que ocorra erros na importação. Após inicie a configuração conforme os itens abaixo para que somente após você consiga efetuar o POST no sistema.

Se todas as linhas apresentarem valor igual a zero, não é necessário realizar a importação.

É importante fazer uso substituições do dados nesses arquivos exemplos em CSV, presentes na pasta disponibilizada acima. Pois de acordo com testes e importações já realizadas em outras entidades, o sistema considera alguma configuração ou parâmetro já realizadas nos mesmos.

Antes de realizar a importação dos arquivos configurados, o script demonstrado abaixo deverá ser criado na entidade que receberá os dados, ou seja, geralmente na Prefeitura.


fonteDadosCSV = Dados.contabilidade.v1.fonteLrfRreoAnexoRclAnterioresAtualizada;
anoExercicio = 2020;
campos = "valor,linha,exercicio";

for( entid in Dados.contabilidade.v1.entidades.busca(campos : "id,nome")){
def fonte = fonteDadosCSV.busca(campos: campos, parametros:["entidadeId":entid.id,"exercicio":anoExercicio]).collect{it}
for(linha in fonte){
imprimir linha
}
}

Acesse o Gerenciador de scripts por meio do menu Utilitários no sistema que receberá os dados. Utilize o botão + SCRIPT e insira apenas um título. Após, copie e cole o script (modelo) disponibilizado logo abaixo em arquivo texto e substitua a fonte de dados e o ano conforme o arquivo CSV que está sendo importado. 

Execute o script antes da importação dos dados e após. Isso possibilitará a realização de uma análise comparativa entre os dados e se esse realmente foram importados como deveria. 

Por fim, após realizar o preenchimento dos dados, configurar o arquivo CSV , criar e executar o script, é o momento de realizar a importação (POST) do dados.

Utilize o programa desejado, nesta demonstração será utilizado a extensão do Chrome Talend API Tester – Free Edition.

No campo METHOD selecione a opção POST e informe o seguinte endereço: https://contabilidade-fontes-dados.cloud.betha.com.br/contabilidade/fontes-adicionais/configuracoes/fonteAdicionalAnexoFluxoDeCaixa/dados.

O texto grifado em vermelho sempre deverá ser substituído pela fonte de dados relacionada ao CSV que será importado. Lembre-se que cada fonte está listada e possui seu relacionamento com o CSV demonstrado na guia Orientações gerais da planilha do Contábil e Planejamento.

Com duas variáveis, Authorization e Content-Type você deverá informar respectivamente o token de migração e multipart/form-data.

É importante que você utilize o token de apenas uma entidade e de preferência da Prefeitura, pois realizar mais de uma importação com token de mais de uma entidade, ocasionará inconsistência na emissão dos relatórios. 

Ao lado direito do BODY selecione o tipo Form e clique em + Add form parameter para adicionar dois formatos: dados e parametros.

O primeiro deles, dados, selecione no segundo campo a opção File e após, adicione o arquivo configurado que possui os dados da entidade, presente na pasta CSVs de Exemplo Contábil ou CSVs de exemplo Planejamento

Em seguida ao inserir o segundo formato, parametros, selecione também a opção File e adicione o arquivo em formato json, também presente nas pastas já citadas.

Tanto o script como o arquivo em formato json possuem o exercício informado, que deve ser alterado conforme o ano de importação do dados, por exemplo, se você importar o CSV do Balanço Patrimonial de 2020, 2019 e 2018, os jsons deverão ter seus exercícios alterados conforme cada ano de importação.

Para realizar a alteração do exercício, localize o arquivo parametros2020.json nas pastas CSVs de Exemplo Contábil ou CSVs de exemplo Planejamento, o qual deve ser aberto em programa editor de texto.

Realizado o POST, finalize o processo de importação do CSV executando novamente o script criado no sistema que recebeu os dados do exercício anterior. Para visualizar o resultado, basta clicar em Outras opções > Log execução.