ARRECADACAO E FISCALIZACAO_SET ICONES-76

CNAB 240-BB e CNAB 240-CEF



Neste ambiente, você encontrará todos os detalhes sobre a Configuração do CNAB 240 para o envio correto de remessas bancárias ao Banco do Brasil (BB) e Caixa Econômica Federal (CEF).

Como realizar as configurações no Tesouraria (Cloud)

Clique e conheça as etapas para a configuração do CNAB 240!

PASSO 1

Configuração da Remessa Bancária

PASSO 2

Configurações do Credor

PASSO 3

Campos adicionais nas Contas bancárias

PASSO 4

Campos adicionais no Pacote de pagamentos

PASSO 5

Geração do arquivo de Remessa bancária

Para o envio da remessa, primeiramente faz-se necessário a sua configuração. Então acesse o menu Configurando > Remessas bancárias.

No campo Script deve ser indicada a configuração referente ao banco em questão. Abaixo você conhece um pouco mais sobre quais são os modelos padrões disponibilizados pela Betha.

Além da remessa bancária, o cadastro do Credor também deve ser configurado, quando este se refere a uma entidade pública.

Acesse o menu Administrando > Pessoas > Credores e após localizar o respectivo cadastro, edite-o e no campo Natureza Jurídica, da guia Dados pessoais, indique o código de órgão público. Exemplo:

É  importante também realizar o preenchimento dos Campos adicionais presentes nos cadastros das Contas bancárias (pagadoras), pois impactarão na geração do arquivo. 

A seguir você conhecerá quais são os respectivos campos adicionais e qual banco utiliza cada um deles. Mas lembre-se, que o acesso aos cadastros de Contas bancárias é realizado pelo menu Administrando > Bancários > Contas. Esse acesso é igual para os sistemas Contábil e Tesouraria (Cloud).

Utilizado pelo Banco do Brasil (BB) como pela Caixa Econômica Federal (CEF), esse dado é gerado no arquivo 0.07 e 1.11 com o código do Convênio recebido pelo Banco.

Utilizado pelo apenas pela CEF, esse dado é gerado no arquivo 1.13, juntamente com a informação recebida pelo Banco.

Como o anterior, esse dado é utilizado apenas pela CEF, sendo gerado o arquivo 0.08 e 1.14, juntamente com a informação recebida pelo Banco.

Para visualizar os campos na guia Dados adicionais, é essencial que sua configuração seja realizada, caso contrário não será possível seu preenchimento. Entretanto, cabe ressaltar ainda que essa configuração se dará pelo sistema Contábil por meio do menu Utilitários > Campos adicionais.

Em seguida você será redirecionado para um ambiente específico Campos adicionais. E para dar início a configuração clique em + EDITOR.

Após utilize o botão + para adicionar nova configuração e realize o preenchimento os seguintes campos:

Como na imagem demonstrada, no campo Cadastros, está selecionado Contas bancárias, pois são nestes em que os campos adicionais constarão para preenchimento.

Após adicione um agrupador e insira um Título, por exemplo:

Com o agrupador inserido, basta inserir os campos citados anteriormente e configurá-los para o devido preenchimento. Assim, clique no botão Adicionar um campo e realize a sua configuração:

Realize o mesmo processo para os demais campos adicionais:

Realizada a configuração dos Campos adicionais no sistema Contábil para que sejam visualizados e preenchidos nos cadastros das Contas bancárias pagadoras, é hora de efetuar também a configuração dos Campos adicionais vinculados ao Pacote de pagamentos, o qual é gerado pelo ambiente Pagamentos do sistema Tesouraria (Cloud)

São eles:

Refere-se a data da efetivação do pagamento. Ao preenchê-lo, é gerado o arquivo A.19 e B.17 com a referida data, caso contrário, é gerado com a data do pagamento.

Na geração do CNAB CEF e CNAB BB, ao efetuar um pagamento, no qual se realize a transferência de recursos para contas bancárias, também pertencentes a órgãos públicos, e utilize recursos especificados no TAC/Decreto 7.507/2011, estes bancos validam e obrigam a informação do motivo dessa transferência

E para atendimento, é necessária a criação do campo adicional Motivo, o qual também está vinculado ao pagamento para preenchimento. Assim, ao informá-lo, ele constará na coluna A.32 do arquivo da remessa bancária.

Ao contrário dos Códigos de convênio e do compromisso, bem como, do Parâmetro de transmissão, os campos adicionais  Data de agendamento e Motivo são configurados pelo sistema Tesouraria (Cloud). Entretanto, utilize o mesmo menu, já apresentado, Utilitário > Campos adicionais e crie uma nova configuração conforme demonstrado abaixo:

Para a criação do campo adicional Motivo, vale destacar algumas instruções para sua configuração:

Descrição Valor
01 - Remuneração Magistério (CEF)

02 - Obrigações Patronais Magistério (CEF)

03 - Remuneração Pessoal Técnico Adm (CEF)

04 - Obrigações Patronais Pessoais (CEF)

50 - Aplicação em Poupança (CEF)

90 - Migração Saldo Portaria 3992-FNS (CEF)

93 - Transf Município Sem Gestão Plena (CEF)

94 - Folha Pagamento SUS (CEF)

95 - Pagamento Prestador Municipal (CEF)

96 - Pagamento Prestador Estadual (CEF)

97 - Pagamento Instituição Ensino (CEF)

98 - Transferência Tributos Retidos (CEF)

99 - Outros Pagamentos PJ Pública (CEF)
01

02

03

04

50

90

93

94

95

96

97

98

99
Descrição Valor
50 - Transferência Tributos Retidos (BB)

51 - Transf. munic s/ Gestão Plena Saúde (BB)

52 - FOPAG (Fundeb e FNS) (BB)

53 - Pagament prestadores públicos saúde (BB)

54 - Pagamento a pesquisas de saúde (BB)

55 - Ressarcimento escola municipalizada (BB)

56 - Retificação de arrecadação (BB)

57 - Transf. transporte escolar municip (BB)
50

51

52

53

54

55

56

57

A geração do arquivo de Remessa bancária se dá por meio do ambiente Pagamentos, o qual pode ser acessado pela Visão geral ou pelo menu Executando > Processos > Pagamentos do sistema Tesouraria (Cloud).

Após, na etapa 2 – Pago, utilize o recurso Filtrar por Ordem bancária e clique em Outras opções > Gerar arquivo de arquivo.

O sistema apresentará uma tela para que você indique a Configuração de remessa bancária desejada.

Pronto! O arquivo fica disponível no computador.
Mas lembre-se que é necessário descompactá-lo e salvá-lo em uma pasta de envio para Nexxera, Caixa ou Banco do Brasil, conforme o processo já conhecido e realizado no sistema Contabilidade (Desktop).