Novidades e melhorias do sistema Contábil (Cloud)

Abaixo você confere as adequações realizadas nos relatórios e notas disponíveis no sistema Contábil.

O acesso aos mesmos pode ser realizado pela tecla F4 ou pelo menu Executando > Artefatos > Relatórios. Utilize também as tags e os critérios de pesquisa para facilitar a busca por algo específico.

Diversas Notas presentes no sistema Contábil, bem como, no Tesouraria (Cloud), foram alteradas para que possibilitassem melhor visualização do Número do cadastro, seja pagamento, empenho, liquidação entre outros.

Abaixo, as seguintes Notas contemplam a adequação citada no Contábil:

  • Nota de Empenho;
  • Nota de Empenho – Modelo 2;
  • Nota de Em Liquidação;
  • Nota de Liquidação com Descontos;
  • Nota de Liquidação com Descontos – Ambiente;
  • Nota da Ordem de Pagamento;
  • Nota de Anulação de Empenhos;
  • Nota de Anulação de Em Liquidação;
  • Nota de Anulação de Liquidação;
  • Nota de Anulação de Pagamentos.

Já no Tesouraria (Cloud), a adequação alterou as seguintes Notas:

  • Nota da Ordem de Pagamento;
  • Nota de Anulação de Pagamentos.

Observe pela imagem, um exemplo por meio da Nota de Empenho:

O relatório supracitado foi aprimorado e agora disponibiliza, em seus parâmetros de emissão, a opção Empenhos a Liquidar.

O Balancete da receita e o Balancete da despesa estão aprimorados e agora possibilitam uma visão em forma de programação mensal.

Para isso, no parâmetro de emissão Colunas está disponível a opção Programação mensal. As informações são oriundas dos cadastros cujo acesso se faz pelo menu Executando > Programação financeira > Receitas/Despesas.



O relatório supracitado foi ajustado para que considere as Despesas extras ao aplicar o filtro Organogramas nos parâmetros de emissão.

Independe do parâmetro Tipo Documento ser igual a Todos ou apenas Despesas Extras, ao aplicar o filtro citado, serão apresentadas as informações conforme a solicitação.

Agora a funcionalidade de Programação financeira da despesa possibilitará o respectivo planejamento por fonte de recurso.

Primeiramente acesse-a pelo menu Executando > Programação financeira > Despesas. Ao clicar em Programar, você perceberá que para cada Recurso é possível ratear automaticamente ou informar manualmente os valores entre os 12 meses do ano, conforme previsto no cadastro de Despesas da LOA.


Se o somatório dos valores preenchidos nos meses do ano de todos os Recursos a serem programados, for diferente do valor da Meta financeira da despesa, o sistema emitirá uma mensagem de alerta. Isso também ocorrerá caso o somatório dos valores preenchidos nos meses para cada recurso, for diferente do valor a programar de cada recurso

Programação devidamente realizada, o registro será apresentado na listagem do ambiente com status Programado, caso contrário, havendo qualquer divergência entre totais o status ficará como A programar.


Já está disponível a cópia de Empenhos que apresentam vínculos com Subempenhos.

Para isso, no respectivo ambiente, utilize o botão Outras opções > Copiar.

O relatório supracitado está aprimorado ao permitir inserir todos os documentos escrituráveis no filtro Documento(s), que anteriormente era denominado como Tipo de documento. 

Para acessá-lo utilize a tecla F4 ou o menu Executando > Artefatos > Relatórios.

Vale ressaltar ainda que este relatório também era denominado como Relação de Documentos da Escrituração.

Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas, também conhecido como eSocial, é um projeto do Governo Federal do Brasil, que visa unificar o envio dos dados sobre trabalhadores e permitir que as empresas prestem as informações uma única vez.

No que diz respeito à Escrituração Digital das informações contábeis relativas a escrituração de rendimentos pagos e retenções de Imposto de Renda, Contribuição Social do contribuinte, exceto aquelas relacionadas ao trabalho e informações sobre a receita bruta para a apuração das contribuições previdenciárias substituídas e que não englobam informações voltadas à folha de pagamento, temos a EFD-Reinf – Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais, que é um dos módulos do Sistema Público de Escrituração Digital – SPED.

A EFD-Reinf junto ao eSocial, após o início de sua obrigatoriedade, abre espaço para substituição de informações solicitadas em outras obrigações acessórias, tais como a GFIP, a DIRF e também obrigações acessórias instituídas por outros órgãos de governo como a RAIS e o CAGED.

Acompanhe algumas definições sobre as datas e os prazos para a entrega da EFD-Reinf

A implantação da Escrituração Fiscal de Retenções foi dividida em fases e grupos. Cada grupo começou a transmiti-la a partir de algumas datas que foram pré-determinadas. Este é o cronograma com os prazos para envio da EFD-Reinf:

calendario
  • Grupo 1: a partir de 1º de Maio de 2018, para empresas com receita anual maior que 78 milhões em 2016.
  • Grupo 2: a partir de Janeiro de 2019, para as demais empresas ou entidades.
  • Grupo 3: a partir de Julho de 2019, para entidades sem fins lucrativos, tais como ONGs, para os produtores rurais pessoa física e as pessoas físicas (empregadores) optantes pelo Simples Nacional.
  • Grupo 4: ainda sem data prevista pela Receita. Abrange órgãos públicos e organizações internacionais.

Considerações

Conforme supracitado, para os Órgãos Públicos (integrantes do Grupo 4), a obrigatoriedade de transmissão e prestação de contas dos arquivos relativos à EFD-Reinf, e entenda-se os não relacionadas à folha de pagamento e sim aos relacionados à contabilidade, ainda permanece sem data definida. Não obstante a isso, não foram iniciados os desenvolvimentos dos arquivos da contabilidade pelo fato de que ainda não se tem um layout definido.

De acordo com o comunicado oficial da Receita Federal, do dia 14/10/2019, os layouts da EFD-Reinf nas versões 2.0 foram cancelados e mantido o antigo layout 1.4 de setembro de 2018, mas que este, ainda de acordo com o comunicado, sofrerá alterações e ajustes para uma nova versão que será publicada em breve. Leia a transcrição do comunicado da RFB na íntegra:

Diante do exposto neste comunicado, será aguardada a devida publicação da versão final e oficial do layout para darmos início ao desenvolvimento dos arquivos relativos à EFD-Reinf. Afinal, qualquer esforço empregado neste momento para a confecção ou desenvolvimento desses arquivos pode ser considerado como desperdício.

Outras informações e novidades a respeito desse assunto, serão devidamente comunicadas à todos o mais rápido possível.

Foram realizados aprimoramentos no cadastro supracitado, onde o botão + CLASSIFICAÇÃO está agora, alocado antes do campo Especificação. Logo, você deverá informar ao menos uma Classificação para que o botão Especificações Recentes fique habilitado para utilização.

Vale ressaltar que para acessar a funcionalidade, utilize o ambiente Visão geral ou o menu Executando > Despesas > Despesas extras.

O Balancete dinâmico está aprimorado ao possibilitar a visualização ordenada dos registros contábeis por data crescente, independente do tipo de Exibição escolhida.

Para acessá-lo, faça uso do ambiente Visão geral ou mesmo, do menu Escriturando > Balancete dinâmico.

Está disponível o novo filtro, Receitas extraorçamentárias, na Pesquisa avançada no ambiente Arrecadações. Ele possibilitará que buscar as arrecadações extraorçamentária vinculadas e determinada(s) receita(s) extra(s) selecionada(s).

Para acessar o ambiente, faça uso do ambiente Visão geral ou o menu Executando > Receitas > Arrecadações.

O cadastro de Arrecadação extraorçamentária foi aprimorado. Agora o sistema sugerirá o valor do Recurso automaticamente ao ser preenchida a respectiva Receita extraorçamentária.

Para acessar a melhoria utilize o ambiente Visão geral ou o menu Executando > Receita > Arrecadações. Após clique em Adicionar arrecadação extraorçamentária.