– Adequada a geração dos contas correntes do Siconfi

Por meio de melhorias realizadas no sistema Estoque, onde este efetuará lançamentos contábeis conforme as movimentações de saída do estoque, inserindo-os via banco de dados de lançamentos manuais, foi necessário também algumas adequações no sistema Contabilidade para que os contas correntes do Siconfi das contas fossem gerados.

Confira as contas contábeis lançadas por meio do envio de dados do Estoque para o Contabilidade:

1.5.6 – Contas correntas do Siconfi:

    • Poder ou Órgão;

    • Atributo do superávit.

3.1 – Contas correntas do Siconfi:

  • Poder ou Órgão.

6.3.3.1.06 – Contas correntas do Siconfi:

    • Poder ou Órgão.

Para tanto, é necessária a configuração dos contas correntes destas contas para o preenchimento automático dos lançamentos contábeis, pois verificou-se que estes lançamentos criados pela integração, não geraram os contas correntes das contas.

Assim o evento utilizado para integração é o livre 99.1.001, gerando os contas correntes, o qual deverá ser identificado pela coluna Integração Estoque. Não serão gerados contas correntes quando o lançamento for manual.

– Adequado o Anexo 12 – Balanço Orçamentário

Acompanhe abaixo as alterações realizadas no quadro RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS:

  1. Alterada a nomenclatura de Receita Tributária Impostos, Taxas e Contribuições de Melhoria para Impostos, Taxas e Contribuições de Melhoria;

  2. Excluída a linha Recursos Arrecadados em Exercícios Anteriores (III);

  3. Alterado cálculo da linha SUBTOTAL DAS RECEITAS (IV) = (I+II+III) para SUBTOTAL AS RECEITAS (III) = (I+II);

  4. Alterada a nomenclatura da linha Operações de Crédito/ Refinanciamento (V) para Refinanciamento (IV);

  5. Alterado o cálculo da linha SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (VI) = (IV + V) para SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (V) = (III + IV). Considera as linhas SUBTOTAL AS RECEITAS (III) = (I+II) mais Refinanciamento (IV);

  6. Alterada a linha Déficit (VII) para Déficit (VI). Considera a diferença entre as linhas SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (XIII)= (XI+ XII) menos SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (V) = (III + IV), somente quando o resultado deficitário;

  7. Alterada a linha TOTAL (VIII) = (VI + VII) para TOTAL (VII) = (V + VI). Considera a soma das linhas SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (V) = (III + IV) mais Déficit (VI);

  8. Alterada a nomenclatura da linha Saldos de Exercícios Anteriores (Utilizados Para Créditos Adicionais) para Saldos de Exercícios Anteriores. Considera a soma das linhas Recursos Arrecadados em Exercícios Anteriores (Naturezas da receita iniciadas em 9.9.9.0), Superávit Financeiro e Reabertura de créditos adicionais (considera as contas contábeis 5.2.2.1.2.02.02; 5.2.2.1.2.03.02; 5.2.2.1.2.02.03; 5.2.2.1.2.03.03);

Acompanhe abaixo as alterações realizadas no quadro DESPESAS ORÇAMENTÁRIAS:

  1. Alteradas as linhas Despesas Correntes (IX) para Despesas Correntes (VIII) e Despesas de Capital (X) para Despesas de Capital (IX);

  2. Alterada a linha Reserva de Contingência (XI) para Reserva de Contingência (X). Esta considera somente as Naturezas da despesa 9.9.00.00.00 com Função: 99.999, a Função: 99.997 foi excluída;

  3. Alterada a nomenclatura da linha Reserva do RPPS (XII) para SUBTOTAL DAS DESPESAS (XI) = (VII + IX + X);

  4. Alterada a nomenclatura da linha SUBTOTAL DAS DESPESAS (XIII) = (IX + X + XI + XII) para Amortização da Dívida / Refinanciamento (XII). Esta passa a considerar somente a soma das linhas Amortização da Dívida Interna e Amortização da Dívida Externa;

  5. Alterada a nomenclatura da linha Amortização da Dívida / Refinanciamento (XIV) para Amortização da Dívida Interna. Esta passa a considerar somente a soma das linhas Dívida Mobiliária e Outras Dívidas;

  6. Excluídas as linhas Amortização da Dívida Interna e Amortização da Dívida Externa;

  7. Alterada a linha SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (XIII)= (XI+ XII) para que considere a soma das linhas SUBTOTAL DAS DESPESAS (XI) = (VII + IX + X) e Amortização da Dívida / Refinanciamento (XII);

  8. Alterada a linha Superávit ( XIV) para considerar a diferença das entre as linhas SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (V) = (III + IV) menos SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (XIII)= (XI+ XII), somente quando o resultado superavitário;

  9. Alterada a linha TOTAL ( XV) = ( XIII + XIV) para considerar as soma das linhas SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (XIII)= (XI+ XII) e Superávit (XIV);

  10. Alterada a linha Reserva do RPPS para que fique abaixo da linha TOTAL (XV) = ( XIII + XIV) e considere somente a ND 9.9.00.00.00 com Função 99.997.