Novidades e melhorias do sistema Contabilidade (Desktop)

Por meio da criação do modelos de Ordem Cronológica de Pagamentos, o sistema está adequado para o envio correto das informações ao Transparência (Cloud).

É importante que você realize a atualização do sistema para a versão 6.0.62, bem como, a importação do arquivo Consulta de Banco Federal por meio do menu Utilitários > Importar Dados Iniciais.

Além dessa adequação, o envio de dados ao portal da Execução Extraorçamentária também está aprimorado.

Vale ressaltar ainda a rotina de envio está mais rápida. É isso mesmo! O aprimoramento realizado no processo de envio de dados ao Transparência permite que a carga seja realizada em minutos.

Com o início de um novo exercício é fundamental o recomeço de rotinas que adequam as informações para o cumprimento das obrigatoriedades legais. Pensando nisso, o processo Copiar do ano anterior, presente na tela Informações de Equivalência da MSC, DCA e SIOPS, foi adequado para que realize a replicação somente dos dados válidos para o novo exercício.

Assim, ao realizar a cópia, o sistema valida todos os itens de equivalência, presente em cada uma das abas, e verifica a existência dos registros no exercício corrente. Quando encontrados registros de equivalências que não forem mais válidos para novo exercício, uma mensagem é apresentada e esses não são copiados.


Vale destacar também que os arquivos das equivalências da MSC, Contas, Natureza da Despesa e Recursos, estão adequados para 2021.
Lembre-se de realizar a importação das Configurações de Equivalência por meio do menu Utilitários > Importar Dados Iniciais.

Nova adequação foi realizada para o envio correto do código do Recurso, bem como, a Especificação TCE ao Transparência Fly

Essa adequação realiza um controle nos Cadastros Especificação das Fontes de Recursos e Especificações do TCE, ou seja, quaisquer ações nestes cadastros relacionados ao campo Especificação TCE, seja inclusão, alteração ou exclusão, são ‘marcados’ para serem enviados ao portal.

Além dos cadastros citados, para que esse envio aconteça simultaneamente às alterações na Especificação TCE, também está adequado o arqjoblet Gerar Arquivos para o Fly Transparência (Utilitários > Gerenciador de Arqjoblet > Transparência). Assim, os dados são enviados e apresentados sempre atualizados no Transparência Fly.

Realizada adequação no Contabilidade para possibilitar o consumo de um BGR publicado por outra base por meio do Gerenciador de Relatórios.

Assim, agora é possível publicar relatórios e emiti-los na base recebedora sem mensagens de bloqueio, seja ao informar o numero de série da entidade recebedora, como informar quinze zeros.

Em conformidade com as últimas alterações publicadas em 14/12/2020, a geração do SIOPS já está adequada. Os ajustes estão relacionados  a alterações nas nomenclaturas dos quadros pertencentes a pasta COVID-19, além da inclusão de novas Propriedades Adicionais nos Cadastros de Receita (Módulo Orçamento > Arquivos) e Empenho (Módulo Financeiro > Empenhos), respectivamente.


É importante que seja realizada a importação do arquivo Consulta de Banco Federal por meio do menu Utilitários > Importar Dados Iniciais.

Para o estado, o cadastro supracitado apresenta três novas opções no campo Aplicação do Cadastro de Contas:

  • 60–Aplicações financeiras da taxa de administração do RPPS;
  • 61–Títulos e valores em enquadramento;
  • 62–Títulos e valores não sujeitos ao enquadramento.

Para acessar a funcionalidade, utilize o Módulo Financeiro > Arquivos > Contas > Contas.

Como no item anterior, para atendimento ao SICOM, a partir de 2021, o Cadastro de Considerações apresenta novas opções no seu campo Arquivo.

  • REL_ENSINO_REC;
  • REL_ENSINO_DSP;
  • REL_SAUDE_REC;
  • REL_SAUDE_DSP;
  • REL_FUNDEB;
  • REL_DSP_PESSOAL.

Por meio do sistema Validador, o acesso ao Cadastro de Considerações pode ser realizado no menu Utilitários > Cadastro de Considerações ou Arquivos > Validador > Avançar > Configuração das Conexões > Seleção de Grupos (SICOM – Inclusão de Programas – 2019) > Definição dos argumentos para execução dos arqjoblets > Configuração para geração dos arquivos > Opção Informa Considerações. em ambos os caminhos, ao informar a opção Acompanhamento Mensal no campo Módulo, as novas opções serão demonstradas no campo Arquivo.

O início do ano demarca a retomada das obrigações fiscais e contábeis pelas empresas públicas e privadas. Para alguns a DIRF 2021 já deve estar em evidência, e dúvidas vão surgindo durante a preparação do envio das informações para sua entrega.

No mês de novembro foi liberado a INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.990, que dispõe sobre a Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (DIRF 2021) relativa ao ano-calendário de 2020, bem como, a aprovação e utilização do Programa Gerador da Dirf 2021 (PGD DIRF 2021).

Por isso, você que utiliza o Contabilidade (Desktop), a partir da versão 6.0.62, o sistema já está preparado para a execução dessa rotina e cumprimento da obrigatoriedade em 2021, referente ao ano-calendário 2020.

No sistema, você localiza a geração por meio do Módulo Financeiro > Relatórios > Diários > Notas emitidas > Gerar arquivo DIRF.

Para a emissão da Declaração, utilize o mesmo caminho de acesso da geração e em Notas emitidas, clique na opção Declaração de IRRF/DIRF.


Em ambas funcionalidades demonstradas, foi realizada a exclusão da opção 3540 - Benefício de Previdência Complementar - Não Optante pela Tributação Exclusiva, no campo Retenção DIRF, a partir de 2021.

Para saber mais detalhes sobre a funcionalidade de geração, acesse o manual por meio do botão ao lado!