Novidades e melhorias do sistema Contabilidade (Desktop)

Conforme a versão 6.0.75, publicada em 22 de novembro, foi possibilitado o relacionamento da Natureza da Despesa na funcionalidade Informações de Equivalência > DCA (D). Logo, nesta versão 6.0.76, a funcionalidade Informações de Equivalência, bem como os Anexos da DCA I-D e I-F estão adequados.

Com relação a tela de Informações de Equivalência, a adequação tem o objetivo de possibilitar a demonstração do nível mais analítico dos elementos da DCA. Até o momento, as máscaras estavam sendo demonstradas até o seguinte nível 3.1.90.04.XX por exemplo, mas agora será demonstrada até 3.1.90.04.01.

Já os Anexos estão preparados para serem emitidos conforme os elementos do relacionamento realizado na tela de equivalência.

Para realizar a emissão dos demonstrativos, acesso o Módulo Financeiro > Relatórios > SICONFI > Declarações de contas anuais DCA e selecione o Anexo desejado.

Em ambos os Anexos a mensagem de aviso para alertar pendências de relacionamento também está adequada para 2021 em diante. Agora, caso seja encontrada alguma pendência, a seguinte mensagem será apresentada:

Conforme a publicação pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) no dia 08/11, os Anexos citados logo mais estão devidamente adequados no sistema Contabilidade.

Vale destacar que o sistema deve estar devidamente atualizado para a versão 6.0.76. E para realizar a emissão dos demonstrativos, acesse o Módulo Financeiro > Relatórios > LRF > Anexo RGF/Anexos RREO. Veja abaixo, quais estão adequados:

A partir desta versão, o envio para o Transparência (Cloud) do modelo de dados das Receitas Orçamentárias e Receitas Orçamentárias Diárias está adequado conforme o seguinte cálculo:

Em 17 de novembro, um comunicado foi disponibilizado apresentando detalhes sobre as adequações realizadas no sistema Contabilidade para atendimento à MSC de 2022. Então para mais detalhes, confira o informativo por meio do link ao lado!

Ao estado da Paraíba, para o exercício igual ou maior que 2022, está disponível a nova funcionalidade Relacionamento de recursos, a qual pode ser acessada por meio do Módulo Financeiro > Processos > Início do Exercício > botão Recurso Relac..

Além do critério de acesso ao exercício igual ou maior que 2022, somente estará habilitada aos Estados que irão utilizar o novo rol de Recursos da Portaria 710/2021.

O acesso a esta funcionalidade é possibilitada pelo Desenvolvimento, no qual estará liberada para realizarem o relacionamento (DexPara) por meio da importação da Consulta de Banco Federal.

Na tela, serão listados para o relacionamento (DexPara) todos os recursos que possuem vínculos com a tabela de lançamentos, despesas, empenhos anterior, ordem anterior ou mesmo, vínculo com uma conta.

Logo, para seleção (F2), o sistema demonstrará todos os recursos cadastrados no exercício e possuem Especificação também cadastrada.

Após o devido relacionamento dos recursos, ao executar as etapas de Início do Exercício, o sistema registrará os restos a pagar com a nova fonte de recurso relacionada e válida para o exercício de 2022.

E pensando no preenchimento dos contas correntes da MSC com a novas fontes de recursos para 2022, por meio da criação da Fase de início Federal, o sistema verificará os lançamentos que possuírem o componente Código do Recurso e Detalhamento do recurso preenchido, e selecionará a nova fonte de recurso conforme o DexPara efetuado pelo ente por meio da funcionalidade Recurso Relac..


Aos demais estados que adotarem o nova configuração de recursos (Portaria 710/2021) e desejarem realizar o relacionamento (DexPara) pela adesão ao estado, devem solicitar por meio de chamado a nossa equipe Centro de Suporte Betha/Desenvolvimento. Somente após, essa nova funcionalidade será disponibilizada ao respectivo Estado que a solicitou.