Ajuste na rotina de geração do RAIS

Informamos que a partir da versão 6.1.40-076 do sistema Folha (Desktop), a rotina de geração da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), acessível pelo menu Relatórios > Anuais > Rais > Arquivo, foi ajustada na geração dos campos 135 à 136 e 157 à 158.

Segue abaixo detalhamento dos ajustes realizados:

  • Campos 135 à 136:

Gerará o código 8, quando no campo Tipo de admissão da guia Profissionais1” do cadastro de Funcionários, estiver informada a opção 3 ou 4.

  • Campos 157 à 158:

Gerará o código 33, quando o funcionário tiver uma transferência(cedido) sem data final(ver cadastro de transferência do RH), ou quando a data final for maior ou igual ao último dia do ano base de geração.

Ajustado a rotina de geração do SIOPE

Informamos que a partir da versão 6.1.40-068 do sistema Folha (Desktop),  a rotina de geração do SIOPE (Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação) acessível pelo Arqjob de classificação SIOPE 2021,  foi ajustada, de forma que o cliente possa optar entre a geração por Fonte de Recurso ou por Despesa.

Segue abaixo detalhamento das melhorias implementadas: 

  • Alterado a descrição dos argumentos do arqjoblet do SIOPE – 2021 de Cód. da Fonte de Recursos FUNDEB 70% para Fonte de Recursos ou Despesas FUNDEB 70%, e Cód. da Fonte de Recursos FUNDEB 30% para Fonte de Recursos ou Despesas FUNDEB 30%
  • Adicionado um argumento denominado Gerar por, com as opções: F- Fonte de Recurso e D- Despesas;
  • Ajustada a rotina de geração do arquivo, de forma que quando a opção F- Fonte de Recurso estiver informada no argumento Gerar por, a rotina mantem o comportamento atual, gerando as informações com base nos códigos de fonte de recurso passado por argumento, com base nas informações dos campos Fonte de Recursos/Despesas FUNDEB 70% e Fonte de Recursos/Despesas FUNDEB 30%;
  • Quando a opção D- Despesas estiver informada no argumento Gerar por, a rotina gera as informações por despesas, tomando por base os códigos de despesas passados por argumentos nos campos Fonte de Recursos/Despesas FUNDEB 70% e *Fonte de Recursos/Despesas FUNDEB 30%.

Geração das informações do SIOPE para fonte do Contábil Cloud

Informamos que a partir da versão 6.1.40-068 do sistema Folha (Desktop), foi ajustado a geração de informações do SIOPE 2021 para fonte do Contábil Cloud.

Sendo assim, foi criado no Gerenciador de ArqJoblets,  uma classificação nomeada SIOPE 2021 – Integração com Contábil Cloud, bem como adicionado um argumento chamado Cód. Carac. do Segmento da Atuação Func.

Ajustes para considerar a Isenção de encargo previdenciário de empregado e empregador  e Afastamentos decorrentes de auxílio maternidade

Informamos que a partir da versão 6.1.40-065, o sistema Folha (Desktop), foi ajustado para considerar a Isenção de encargo previdenciário de empregado e empregador  e Afastamentos decorrentes de auxílio maternidade, sendo assim, os ajustes impactaram diretamente na Integração entre os sistemas Folha (Desktop) e SAPO, Folha (Desktop) e Contábil (Cloud), bem como, no Relatório de Integração Contábil. Segue abaixo as novas regras aplicadas: 

No que se refere a Isenção de encargo previdenciário de empregado e empregador, decorrente dos pagamentos de auxílio doença/acidente até 15 dias, pagos pelo empregador, informamos que as fórmulas foram ajustadas de forma que a integração já receba estes valores devidamente compensados.

No que se refere a Afastamentos decorrentes de auxílio maternidade, o sistema foi ajustado para realizar as isenções de encargo patronal previdenciário da seguinte forma:

  • Para processamento mensal, onde a competência é maior que 10/2015, com a opção Sim informada no parâmetro Isenção de INSS Patronal sobre afastamentos e existirem afastamentos na competência decorrentes das classificações 5, 16, 17, 18, 19 ou 20 e a categoria SEFIP do vínculo empregatício seja 1, 4 ou 7.
  • Quando as regras acima são atendidas, antes de calcular o valor correspondente ao encargo patronal, o sistema considera que a base de cálculo será formada pela base 11 (I.N.S.S.), somada com a base 12 (I.N.S.S. 13º SALÁRIO) [no caso de rescisão] e subtraída do valor dos eventos das classificações Abatimento salário-maternidade 13º salário(43), Desc. horas aux. maternidade 13º salário(25), Abatimento salário-maternidade(30) e Desc. horas aux. maternidade(24).
  • Para processamentos 13º Salário Integral, onde a competência é maior que 11/2015, com a opção Sim estiver informada no parâmetro Isenção de INSS Patronal sobre afastamentos, onde existem afastamentos no ano  decorrentes das classificações 5, 16, 17, 18, 19 ou 20 e a categoria SEFIP do vínculo empregatício seja 1, 4 ou 7.
  • Quando as regras acima são atendidas, antes de calcular o valor correspondente ao encargo patronal, o sistema considera que a base de cálculo deve ser formada pela base 12 (I.N.S.S. 13º SALÁRIO), menos o valor dos eventos da classificação Desc. horas aux. maternidade 13º salário(25) e menos o valor dos eventos da classificação Abatimento salário-maternidade 13º salário(43).

Exclusão do parâmetro Versão SEFIP

Informamos que a partir da versão 6.1.40-065 do sistema Folha (Desktop), o parâmetro Versão SEFIP foi retirado do sistema, agora o mesmo já vem setado internamente na aplicação. 

Disponibilizado a classificação SIOPE-2021 no Gerenciador de Arqjoblets

Informamos que a partir da versão 6.1.40-062 do sistema Folha (Desktop), realizamos a inclusão de uma nova classificação no Gerenciador de arqjoblets, nomeada SIOPE 2021, obtendo as seguintes alterações:

Foi criado um argumento chamado Cód. Carac. do Segmento da Atuação Func., visando ser incluída uma nova característica para o segmento de atuação do funcionário.

Abaixo, segue o formato para a criação da nova característica:

Também alteramos a descrição dos parâmetros abaixo:

DE: Cód. da fonte de Recursos FUNDEB 60% PARA: Cód. da fonte de Recursos FUNDEB 70%

PARA: Cód. da fonte de Recursos FUNDEB 40% PARA: Cód. da fonte de Recursos FUNDEB 30%

IMPORTANTE: no arquivo do SIOPE será gerado o Código do segmento da atuação e a Descrição do mesmo.

–  Ajustes na migração de conselheiros tutelares

Informamos que a partir da versão 6.1.40-062, do sistema Folha (Desktop), disponibilizamos dois novos argumentos para o arqjoblet de conselheiro tutelar, sendo eles:

  • Trocar Vínculo Conselheiro (Sim/Não) – este argumento deve ser preenchido com Sim quando precisar trocar o vínculo empregatício de todos os conselheiros tutelares para um novo vínculo, de modo a enviar um vínculo que tenha o tipo de vínculo igual à outros, para o correto funcionamento no sistema Cloud, e deve ser preenchido com Não para que a migração ocorra de forma padrão;
  • Novo Vínculo Conselheiro (Código do novo vínculo) – deve ser informado o novo código do vínculo empregatício a ser utilizado no envio dos conselheiros tutelares.

Também realizamos a alteração no cadastro de vínculos empregatícios, acessível pelo menu Arquivos > Parametrizações > Vínculos Empregatícios, para que seja possível incluir um vínculo para a Referência do tipo Autônomo e tipo Outros, desde que a Categoria eSocial seja 771 – Contribuinte Individual – Membro de conselho tutelar, nos termos da lei n°8.069, de 13 de julho de 1990.

Por fim, criamos uma pré-validação na migração, para que seja interrompida quando houver algum conselheiro tutelar, onde o tipo do vínculo empregatício difira de Outro.

Adequação da geração da RAIS Genérico 1976-2019

Informamos que a partir da versão 6.1.40-062, do sistema Folha (Desktop), ajustamos a rotina de geração do arquivo RAIS Genérico, para o ano base 2019, alterando o código interno que define qual ano deve ser considerado para o layout atual, e todos os anos abaixo dessa definição são considerados como layout genérico.

Ajustado o cálculo do INSS para afastamentos de até 15 dias

Informamos que a partir da versão 6.1.40-062, do sistema Folha (Desktop), foram criados dois novos eventos para atender aos afastamentos de até 15 dias, estes eventos são de informação, o propósito é controlar a isenção previdenciária sobre os pagamentos de auxílio doença/acidente pago pelo empregado, sendo eles: 

  • BASE I.N.S.S. – DUPLO VÍNCULO(DESCONTO);
  • AUXÍLIO DOENÇA/ACIDENTE ISENTO DE INSS.

Os novos eventos serão executados no cálculo quando possuir afastamentos típicos de empregador, vinculados por meio do campo Afastamento de origem com afastamentos típicos previdência, sendo assim, foram adicionados os eventos: AUXÍLIO DOENÇA/ACIDENTE ISENTO DE INSS e BASE I.N.S.S. – DUPLO VÍNCULO(DESCONTO) nos eventos à calcular da mensal. 

Já o evento AUXÍLIO DOENÇA/ACIDENTE ISENTO DE INSS, foi adicionado em  eventos a calcular de Rescisão, onde os motivos da lista de eventos a calcular tenham um dos listados a seguir:

  • HORAS AFAST. ACIDENTE TRABALHO TÍPICO EMPREGADOR;
  • HORAS AFAST. AUXÍLIO DOENÇA TÍPICO EMPREGADOR;
  • HORAS AFAST. AUX. DOENÇA TÍPICO EMPREGADOR-COVID19.

Também  foi adicionado o evento BASE I.N.S.S. – DUPLO VÍNCULO(DESCONTO), aos motivos da lista de eventos a calcular, o evento BASE I.N.S.S. – DUPLO VÍNCULO.

Atualização do arquivo da SEFIP / GFIP

Informamos que a partir da versão 6.1.40-062, do sistema Folha (Desktop), o arquivo da SEFIP / GFIP foi ajustado para considerar a isenção previdenciária para auxílio doença até 15 dias.

Ajustes no Relatório de Encargos do INSS e FGTS

Informamos que a partir da versão 6.1.40-062, do sistema Folha (Desktop), o Relatório de Encargos do INSS e FGTS, foi adequado para considerar as novas regras da Isenção de INSS sobre afastamentos.

Para conferir acesse Relatórios > Encargos > INSS e FGTS e gere o relatório para um funcionário onde é devida a referida isenção e consulte na coluna Base de INSS.

 Disponibilização de ajuste na Guia do INSS

Informamos que a partir da versão 6.1.40-062, do sistema Folha (Desktop), a Guia do INSS foi ajustada para considerar as novas regras da Isenção de INSS sobre afastamentos.

Vale ressaltar que se o parâmetro Versão SEFIP estiver com a informação Versão 8.4 de 27/03/2020 selecionado, a guia será emitida sem considerar as novas regras da isenção. 

Para conferir acesse Relatórios > Guias > INSS > Guia do INSS e gere o modelo GRPS para um funcionário que se enquadra na regra de isenção e compare o valor do campo salário Contribuição – Empregado, veja:

Adequação da rotina de geração do RAIS

Visando atendimento a legislação, informamos que a partir da versão 6.1.40-054 do sistema Folha (Desktop), foram realizadas adequações para a geração do arquivo da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), de acordo com o leiaute do ano base de 2020

Para conferir acesse Relatórios > Anuais > RAIS > Arquivo.

Segue abaixo as alterações realizadas: 

  • Ajustado a tela Rais em Arquivo e disponibilizado o ano 2020, no campo Ano Base;
  • Para o ano base de 2020, a rotina de geração da RAIS foi ajustada da seguinte forma:

REGISTRO TIPO-0

Posições 393 a 584: campo alfanumérico, deixado nulo;

REGISTRO TIPO-1

Posições 298 a 301: campo número, preencher com 2020;

Posições 540 a 584: campo alfanumérico, deixado nulo;

REGISTRO TIPO-2

Posições 544 a 573: campo alfanumérico, deixado nulo;

Posições 574 a 576: campo numérico, deixado nulo;

Posições 577 a 584: campo alfanumérico, deixado nulo;

REGISTRO TIPO-9

Posições 036 a 584: campo alfanumérico, deixado nulo.

Ajuste na geração do Arquivo PAGTO_POS

Informamos que a partir da versão 6.1.40-054 do sistema Folha (Desktop), a rotina de geração do Arquivo PAGTO_POS foi ajustada, de forma que os pagamentos realizados a partir da data 01/01/2020, relacionados a competências anteriores a 01/2020, não sejam incluídos na geração deste arquivo.

–  Inclusão de parâmetro no arqjoblet para migração das Ausências do Ponto

Informamos que a partir da versão 6.1.40-054 do sistema Folha (Desktop), foi incluído no Arqjoblet de migração do ponto,  o parâmetro para executar a migração dos Tipos de Ausências e Lançamento de Ausências.

–  Adequação do cadastro de eventos com a versão S-1.0 do eSocial

Informamos que a  lista de rubricas do eSocial, disponível no Cadastro de eventos foi atualizada, para atendimento do SICOM (Tribunal de Contas de Minas Gerais). Para conferir acesse Arquivos > Cálculos > Eventos e Fórmulas >  guia eSocial > campo Rubrica do eSocial

Ajustes no sistema Folha (Desktop) para atendimento da SEFIP

Visando atendimento da legislação do SEFIP (Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social),  informamos que  a partir da versão 6.1.40-050, foram realizados ajustes no sistema. Segue abaixo detalhamento das alterações realizadas. 

1.1 Adequação no cadastro de parâmetros gerais

Foi disponibilizado nos parâmetros gerais do sistema, os parâmetros Isenção de INSS Patronal sobre afastamentos e Versão SEFIP. Para conferir, marque o parâmetro Isenção de INSS Patronal sobre afastamentos, selecione também a opção Versão 8.4 de 24/12/2020 do parâmetro Versão SEFIP e acesse Relatórios > Guias > GFIP > Arquivo.   

Na imagem apresentada abaixo, é demonstrado uma funcionária que está com a Ocorrência 05, gerada pela alteração. Veja:

Na imagem apresentada abaixo, é demonstrado  que o valor descontado do segurado foi gerado, e que a ausência de Base de Cálculo da Previdência Social, vai gerar encargo patronal zerado. Veja:

Na imagem abaixo, é demonstrado que o encargo patronal ficou zerado em razão da licença maternidade, veja: 

1.2 Ajuste no cadastro de eventos 

Informamos que foi disponibilizado no cadastro de Eventos uma nova Classificação nomeada Auxílio doença/acidente até 15 dias. Para conferir acesse Arquivos > Cálculos > Eventos e Fórmulas:

1.3 Atualização do arquivo da SEFIP / GFIP para considerar isenção previdenciária para licença maternidade 

Informamos que foi atualizado no sistema Folha (Desktop), o arquivo da SEFIP/GFIP, conforme o parecer Nº18361/2020/ME (Ministério da Economia), que liberou os empregadores do recolhimento de encargo patronal previdenciário sobre os pagamentos decorrentes de licença maternidade/aborto não criminoso/adoção, passando a prover a isenção do encargo patronal de INSS sobre os referidos pagamentos.

Sendo assim,  o sistema Folha (Desktop) está pronto para realizar a referida isenção patronal conforme tópico mencionados abaixo:

  • A partir da competência 10/2015;
  • Para servidoras associadas a vínculo empregatício de categoria SEFIP 1,4 ou 7;
  • Para servidoras que tiveram afastamentos decorrentes das classificações 5, 16, 17, 18, 19 e 20;
  • Para servidoras enquadradas nas regras anteriores, será gerado no registro 30, campo 20 (Valor Descontado do Segurado), o valor calculado correspondente ao evento da classificação INSS(8) e gerado no registro 30, campo 21 (Remuneração base de cálculo da contribuição previdenciária), o valor correspondente ao resultado da base 11(I.N.S.S.), menos o valor que do evento das classificações Abatimento salário-maternidade(30) e Desc. horas aux. maternidade(24);
  • Para as servidoras enquadradas nas regras anteriores e demitidas no mês de geração, será gerado no registro 30, campo 20 (Valor Descontado do Segurado), o valor calculado correspondente aos eventos das classificações INSS(8) e INSS 13º salário(9) e gerado no registro 30, campo 22 (Base de Cálculo 13º Salário Previdência – Referente à Competência do Movimento),  , o valor correspondente ao resultado da base 12(I.N.S.S. 13º SALÁRIO), menos o valor que do evento das classificações Abatimento salário-maternidade 13º salário(43) e Desc. horas aux. maternidade 13º salário(25).

Importante: Vale ressaltar que ainda não estão contemplados nesta liberação: 

  • A isenção de encargo patronal de INSS sobre os afastamentos por auxílio doença/acidente de até 15 dias, que dele decorreu um afastamento por auxílio doença/acidente no INSS, conforme parecer Nº16120/2020/ME(Ministério da Economia);
  • Ajuste do Relatório de Encargos do INSS e FGTS, com a nova isenção de encargo sobre a licença maternidade;
  • Ajuste dos modelos de Guia de INSS;
  • Ajuste do Relatório de Integração Contábil;
  • Ajuste na Integração com a Contabilidade;

– Orientações sobre a nova versão do programa SEFIP

Em razão de dois pareceres Nº18361/2020/ME e Nº16120/2020/ME(Ministério da Economia), que liberou os empregadores do encargo patronal previdenciário sobre os pagamentos decorrentes de licença maternidade/aborto não criminoso/adoção e afastamentos de até 15 dias que antecedem ao auxílio doença. A Caixa Econômica Federal, atualizou a versão 8.4 do sistema SEFIP no dia 24/12/2020, provendo meios para que os declarantes possam gerar o SEFIP, sem o encargo patronal previdenciário sobre os referidos pagamentos.

Especialmente no que se refere a isenção de encargo previdenciário sobre afastamentos de até 15 dias que antecedem ao auxílio doença, identificamos algumas divergências em torno das publicações de material do SEFIP (Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social) que traz a orientação de isenção de encargo previdenciário patronal, com a publicação do eSocial do dia 01/02/2021, que traz a orientação de que a isenção sobre os pagamentos desta natureza tem isenção de encargo previdência para o empregado e também para o empregador.

Diante disso, informamos que por ora, para a isenção de encargo proveniente de pagamentos decorrentes de afastamentos de até 15 dias, que antecedem ao auxílio doença, estamos reunindo mais informações para fortalecer a nossa interpretação e só então realizar os ajustes no produto. Já, no que se refere a isenção de encargo proveniente de pagamentos decorrentes de licença maternidade/aborto não criminoso/adoção, informamos que estamos adequando o sistema de Folha à atualização da versão 8.4 da SEFIP. 

IMPORTANTE! Para a competência de Janeiro de 2021, o sistema de Folha ainda não estará ajustado para operar com a nova versão do SEFIP. Desta forma, para a geração da SEFIP, trazemos duas alternativas (recomendamos o uso da alternativa 1):

1. Não atualize a versão do  SEFIP, mantenha o uso da versão SEFIP versão 8.40 (de 27/03/2020). Assim, será possível realizar o fechamento dos valores gerados com o relatório de encargos de INSS;

  • Não se preocupe, após liberada a atualização do sistema contemplando os ajustes do SEFIP, se assim desejar, você poderá  fazer a geração da SEFIP retificadora e realizar as compensações que porventura existam em decorrência da isenção de encargo patronal sobre os afastamentos de maternidade.
  • Para acessar o manual da GFIP/SEFIP, como também baixar o Programa SEFIP versão 8.40 de 27/03/2020, clique aqui

2. Para os clientes que não estão dispostos a aguardar a liberação da atualização da geração da SEFIP no sistema de Folha, especialmente para a competência de Janeiro/2021, recomendamos que os ajustes necessários para contar com a nova isenção patronal sejam realizadas diretamente no sistema do SEFIP, da seguinte forma:

  • Na guia Cadastro, alterar a Ocorrência do trabalhador, informando  a ocorrência 5, 6, 7 ou 8 para o funcionário que tem esse tipo de isenção;
  • Na guia Movimento, no campo Valor Descontado do Segurado, informar o valor do evento I.N.S.S.;
  • Na guia Movimento, no campo Base de cálculo da Previdência Social, informar o valor da base de cálculo da previdência, já descontando o valor correspondente ao pagamento da licença maternidade.
  • Para identificar os valores pagos a título de maternidade/adoção/aborto não criminoso: Gerar o Relatório de Movimentos, para os eventos ABATIMENTO SALÁRIO MATERNIDADE” e “DESCONTO HORAS AUX. MATERNIDADE, para identificar os funcionários e também os valores de abatimento de licença maternidade que serão utilizados também para abater da base de encargo patronal.

Segue abaixo, as telas do SEFIP para que as alterações sejam realizadas:

– Fique atento as orientações da nova versão do programa SEFIP e seus impactos no sistema Folha (Desktop)

Informamos que o sistema Folha (Desktop) está sendo adequado a nova alteração da SEFIP (Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social), no que diz respeito a base de contribuição previdenciária para auxílio doença/acidente até 15 dias, auxilio maternidade/aborto não criminoso/adoção e a isenção patronal de INSS sobre esses afastamentos.

Mas vale ressaltar que enquanto o sistema não está adequado, os clientes devem continuar utilizando a versão anterior do SEFIP, pois o cálculo de contribuição tanto do empregado como do empregador na versão nova, será feita com base nas informações do campo 21 – Base de Cálculo da Previdência Social, o qual ainda não estaremos alimentando e poderá haver divergências de valores no envio da SEFIP. 

Fique tranquilo, assim que o sistema estiver adequado, iremos lhe informar! 

Para acessar o manual da GFIP/SEFIP, como também baixar o  Programa SEFIP versão 8.40 de 27/03/2020, clique aqui

–  IMPORTANTE: Já está disponível a geração do arquivo da DIRF 2021 e Comprovante de Rendimentos para geração do ano-base 2020 no sistema Folha (Desktop)

O início do ano demarca a retomada das obrigações fiscais pelas empresas públicas e privadas e para alguns, a DIRF 2021 já deve estar em evidência.

No mês de novembro foi liberado a INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.990, que dispõe sobre a Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (DIRF 2021) relativa ao ano-calendário de 2020, bem como, a aprovação e utilização do Programa Gerador da Dirf 2021 (PGD DIRF 2021).

Por isso, você que utiliza o Folha (Desktop), a partir da versão 6.1.40-043 o sistema já está preparado para a execução da rotina de geração e emissão da declaração.

No sistema, você localiza a Geração do arquivo por meio do menu Relatórios > Anuais > DIRF > Arquivo:

Já para a emissão do Comprovante de rendimentos, acesse Relatórios > Anuais > Comprovante de rendimentos: 

– Melhoria na performance da rotina de integração do sistema Folha Desktop com Minha Folha

Informamos que após a atualização para a versão 6.1.40-35, é necessário executar os arqjoblets de Integração – Minha Folha, enviando com o parâmetro Forçar envio igual a Sim. Sendo eles: 

  • 03 – Recibos;
  • 04 – Comprovante de rendimentos;
  • 06 – Marcações do ponto.

Para isso acesse Betha Folha > Gerenciador de Arqjoblets > Integração – Minha Folha e preencha os parâmetros conforme apresentado na imagem abaixo:

 

– Aprimorada a rotina de integração das matrículas do Folha (Desktop) com o Minha Folha

Com o objetivo de otimizar o tempo de envio, informamos que foi criado um controle para verificar quais registros devem ser enviados do Folha (Desktop) ao Minha Folha em uma carga incremental, dessa forma, foram alterados os objetos relacionados a pessoas e matrículas para utilização no novo controle de envio em cargas incrementais, confira quais são eles:

dados_pessoas_matriculas.arq

gera_matriculas.arq

gera_pessoas.arq

HttpRetorno_integ_des.arq

matriculas_excluir.arq

pessoas_excluir.arq

atualiza_exclusoes.arq

Arqjoblets novos:

matricula.arq

controleTabelasAlteradas.arq

pessoas.arq

limpaTabelasAlteradas.arq

Tabela: tabelas_alteradas_minha_folha

Procedure: dbp_atualiza_tabelas_alteradas_minha_folha

Triggers:

tiuda_pessoas_integ_minha_folha

tiuda_pessoas_atividades_integ_minha_folha

tiuda_pessoas_contas_integ_minha_folha

tiuda_pessoas_enderecos_integ_minha_folha

tiuda_pessoas_estrangeiras_integ_minha_folha

tiuda_pessoas_fis_compl_integ_minha_folha

tiuda_pessoas_fis_defic_integ_minha_folha

tiuda_pessoas_fis_obito_integ_minha_folha

tiuda_pessoas_fisicas_integ_minha_folha

tiuda_dependentes_integ_minha_folha

tiuda_pessoas_nomes_integ_minha_folha

tiuda_funcionarios_integ_minha_folha

tiuda_hist_funcionarios_integ_minha_folha

tiuda_hist_salariais_integ_minha_folha

tiuda_hist_cargos_integ_minha_folha

tiuda_afastamentos_integ_minha_folha

tiuda_locais_mov_integ_minha_folha

tiuda_periodos_integ_minha_folha

tiuda_periodos_ferias_integ_minha_folha

tiuda_rescisoes_integ_minha_folha

Com a liberação do novo controle, foi necessário no primeiro envio integrar todas as pessoas e matrículas da base, pois o arqjoblet 02 – Matriculas deixou de buscar os dados dos antigos controles e passou a buscar o do novo controle, isso garante que os dados alterados no período que compreende o último envio ao Minha Folha e a atualização com o novo controle sejam integrados. 

Esse processo visa garantir a integridade dos dados enviados ao Minha Folha no momento de transição de controles, logo, para alguns casos, a primeira integração de Matrículas após essa atualização pode demorar mais que o habitual.

Adicionado novos CID’s do novo Coronavírus

Foi adicionado dois novos CID’s que identifica o novo Coronavírus no cadastro de atestados, veja quais são:

U07.1 – Infecção respiratório pelo novo coronavírus (vírus identificado);

U07.2 – Infecção respiratório pelo novo coronavírus (vírus não identificado).

Você encontra esses novos CID’s em: Betha RH > Arquivos > Medicina e Segurança do Trabalho > Atestados.

Afastamento de conselheiros tutelares com vencimentos

Foi realizado a adequação no Cadastro de Afastamentos para autônomos que sejam conselheiros tutelares possam ser afastados por tipo de afastamento da classificação Licença com vencimentos.