Novidades e melhorias do sistema Patrimônio (Cloud)

No Ambiente de bens foi adicionado um novo filtro avançado por Configuração de Organograma. A pesquisa no filtro ocorre pela descrição da configuração de organograma por meio do menu: Executando > Movimentos de bens > Bens > Pesquisas. Verifique como ficou na imagem abaixo:

A novidade dispõe das seguintes condições:

  • É possível realizar a pesquisa selecionando uma ou mais configurações de organograma, independente se a configuração está ou não em uso;
  • Caso haja um ou mais organogramas selecionados e o filtro avançado Configuração de organograma seja informado posteriormente, a seleção do filtro Organogramas é apagada automaticamente;
  • Ao realizar a pesquisa informando uma configuração de organograma,  o sistema irá listar apenas os Bens que contém um organograma informado e que pertençam à configuração escolhida, independente do exercício logado;
  • Se o filtro avançado Configuração de organograma estiver informado, o sistema irá listar apenas os organogramas pertencentes à configuração informada;

A fim de facilitar a identificação dos Bens que não pertencem à configuração de organograma em uso, foi disponibilizado no ambiente de Bens um indicativo individual por Bem, dentro do exercício corrente, desde que estejam presentes nas seguintes situações:

  • Em uso;
  • Cedido/emprestado;
  • Em manutenção;
  • Em desuso.

O novo indicativo de Bens está disponível por meio do Menu: Executando > Movimentos de bens > Bens, conforme a demonstração abaixo:

Está disponível uma nova classificação de Transferência de Bem por Configuração de Organograma, ao qual já está atribuída com a configuração padrão. Ela será utilizada para realizar as transferências dos Bens cadastrados que não pertencem à configuração de organograma em uso. Para acessar clique no menu: Pesquisa > Recursos > Tipos de transferências, conforme os anexos abaixo:

Com isso, agilizamos o processo de transferência de organogramas dos Bens através da possibilidade de realizar as transferências por Configuração de Organograma, que ocorrerá por meio do menu: Executando > Movimentos de bens > Transferências. Conforme o anexo abaixo:

Esta classificação atribui automaticamente a configuração de organograma em uso dentro do exercício logado. Ao realizar o cadastro da transferência de Configuração de Organograma o sistema apresentará um aviso sobre a importância da data informada na transferência, conforme a demonstração abaixo:

Logo após preencher os dados clique em salvar e continuar, o usuário será direcionado ao qual poderá realizar o preenchimento de configuração de organograma. Caso não consiga preencher totalmente o DexPara o sistema deixará salvo o que foi anteriormente preenchido. 

Vale ressaltar que o o acesso se dará pelo ambiente de Transferências > Outras Opções > Organogramas, conforme a imagem abaixo:

Ao relacionar os organogramas (De x Para), o sistema identifica os bens que estão na configuração de organograma Origem e alimenta automaticamente os bens nesta transferência, assim você poderá visualizar quais bens serão transferidos. Os organogramas de Origem não podem ser alterados.

Na Origem, serão exibidos todos os organogramas analíticos que estão relacionados à uma configuração de organograma diferente da configuração de organograma de Destino e que possuam bens relacionados;

No Destino, será sugerido automaticamente os organogramas conforme abaixo:

  • O número (máscara) do organograma de destino é igual ao número do organograma de origem: E
  • A descrição do organograma de destino é igual a descrição do organograma de origem; OU
  • A descrição do organograma de destino é igual a descrição do organograma de origem, desde que exista apenas uma descrição origem;
  • Se a combinação de número e descrição não fechar, o campo ficará aberto para seleção manual;
  • Tem a possibilidade de limpar todos os registros do destino.

Verifique na demoonstração abaixo:

Após finalizar a transferência, todos os bens serão movidos para a configuração nova, e com isso o sinalizado no ambiente de bens será excluído.

O sistema Patrimônio está adequado para gerar Carga inicial para o Transparência Fly. A novidade está disponível por meio do menu: Configurando > Parâmetros > Portal da Transparência, conforme a demonstração abaixo:

Ao selecionar a opção de Carga Inicial = Sim e enviar, irá excluir todos os dados do Patrimônio já enviados ao Transparência Fly, inclusive de outras linhas de produto, como a Desktop. A nova carga irá enviar apenas os dados existentes nos sistemas Patrimônio Cloud. Após o envio, automaticamente é alterado para a Carga inicial = Não, no qual será enviado apenas os incrementais, como é atualmente.