Novidades e melhorias do sistema Planejamento (Cloud)

Os Anexos de Metas Fiscais (AMF) Demonstrativo 04 – Evolução do Patrimônio Líquido e Demonstrativo 05 – Origem e Aplicação dos Recursos Obtidos com a Alienação de Ativos apresentam adequações para 2022.

Ambos, ao serem emitidos, o sistema verifica movimentações no Contábil e retorna os respectivos valores, dispensando a necessidade de importar o dados por meio de CSV.

Para acessá-los, faça uso da tecla F4 ou menu Executando > Artefatos > Relatórios ou mesmo, do menu Utilitários > Gerenciador de relatórios. Utilize a tag LRF LDO/LOA 2022 para melhor visualização e acesso.

Vale destacar ainda algumas regras para que você tenha maior verificabilidade das informações. Com relação ao primeiro quadro, o qual considera valores diferente de RPPS, tem-se as seguintes regras para as linhas:

  • Patrimônio/Capital: considera o saldo das contas contábeis iniciadas em 2.3.1.%;
  • Reservas: considera o saldo das contas contábeis iniciadas em 2.3.%, exceto as iniciadas em 2.3.1 e 2.3.7;
  • Resultado acumulado: considera o saldo das contas contábeis iniciadas em 2.3.7.

Conforme orientação do MDF, para o quadro DESPESAS EXECUTADAS, são consideradas as despesas liquidadas somadas às despesas inscritas em Restos a Pagar Não Processados, as quais foram custeadas com recursos de alienação de ativos. Por sua vez, os valores retornados serão baseados conforme as regras do Anexo 11 do RREO.

A partir desta liberação já está adequado o Demonstrativo 01 – Metas Anuais conforme o Manual de Demonstrativos Fiscais (MDF) – 11ª Edição. Na Síntese das Alterações, as adequações deste demonstrativo proporcionam conformidade com o Demonstrativo dos Resultados Primário e Nominal do Relatório Resumido da Execução Orçamentária.

Vale salientar que outras adequações neste e em outros demonstrativos já foram liberadas por meio da publicação de 22 de março. Para acessá-lo, faça uso da tecla de atalho F4 ou pelo menu Executando > Artefatos > Relatórios. Utilize também a tag LRF LDO/LOA 2022.