Publicado em: Sex, 14/02/2020

Controle das dívidas que estão protestadas

Agora, você pode identificar o Procuradoria (Cloud), quais dívidas estão EM PROTESTO. Para acessar o filtro utilize Protestos > PROTESTOS > EM PROTESTO:


Anteriormente, estas informações eram demonstradas em conjunto com as demais dívidas na guia DISTRIBUIÇÃO.

Criação de filtro para pesquisa de data do protesto

Foi disponibilizado, em todas as abas do Gerenciador de protestos, do Procuradoria (Cloud), um novo filtro, a fim de pesquisa por protestos informando datas:


Encerramento interno de protestos

Caso haja necessidade de realizar o cancelamento de protestos em Distribuição, Inconsistentes ou em Protesto, por motivo interno, você pode fazer uso do botão ENCERRAR MANUAL, no Gerenciados de protestos:


IMPORTANTE: O cancelamento e encerramento manual permitem que sejam cancelados ou encerrados protestos internamente no sistema, sem envio para o cartório. A utilização dessa funcionalidade não realiza nenhum alteração na situação do protesto no sistema dos cartórios de protesto.

Visualizar protestos que tiveram sua dívidas quitadas, canceladas, parceladas ou suspensas

Duas novas guias foram inseridas com o objetivo de você controlar os protesto realizados no município, quais sejam, QUITADAS/CANCELADAS e PARCELADAS/SUSPENSAS:


O objetivo de ambas as telas é apresentar ao usuário as informações de qual situação as dívidas que compõem o protesto estão, ou seja, se elas já foram quitadas, canceladas, parceladas ou suspensas, a fim de que você, usuário, não precise controlar, em relatórios ou outros sistemas como estão o andamento de pagamentos e afins e possa realizar a encerramento dos protestos quando for necessário.

Estas solicitações podem ser enviadas diretamente ao cartório de protesto. Para tanto você deve marcar qual(is) linha(s) deseja autorizar o cancelamento ou a desistência, por meio do botão CANCELAR ou DESISTIR, opção Autorizar:


Desta forma, estes botões, destacados acima, de autorização de cancelamento e de autorização de desistência devem ser utilizadas quando os títulos foram protestados corretamente pela Prefeitura e pagos pelo contribuinte:

  • Caso o título enviado para protesto tenha sido pago na Prefeitura e esteja no prazo de tolerância 3 dias úteis, anteriores a confirmação do protesto, deve ser utilizada a autorização de desistência – DESISTIR > Autorizar;

  • Ocorrendo o pagamento do título na Prefeitura, caso o prazo de três dias de tolerância já tenha decorrido e o título já teve seu protesto confirmado deve ser utilizada a autorização de cancelamento CANCELAR > Autorizar.

Estas autorizações enviadas ao cartório precisam de relatório e script previamente vinculado a entidade. Visto que o sistema fará uso deles para fazer a comunicação com o cartório de protesto:


Além da criação dos relatórios e scripts, será necessário, na Central de Configurações realizar essas as associações:


Após o envio será necessário aguardar a confirmação do cartório, você poderá acompanhá-la utilizando o botão SINCRONIZAR disponível no Gerenciador de protestos:


E Editar o protesto, a fim de verificar as movimentações existentes: