Novidades e melhorias do sistema Tesouraria (Cloud)

Foram adicionados esses dois novos campos: lancamentoCredito e dividaAtiva na interação entre sistema Contábil e Sistema Tributos, conforme alterações de layout vigentes para exercício 2022. Na geração do arquivo DiarioArrecadacao, passamos a considerar esses dados. Quando, o Json de interação com Tributos tiver a informação de tipo de origem da receita, o sistema identificará a partir de tal dado qual o idTipoOrigemReceita para gerar no arquivo. A regra dos campos deste arquivo passa a vigorar assim:

O campo idTipoOrigemReceita do arquivo passa a gerar conforme a regra abaixo, considerando o campo tipoOrigem(1) enviado pelo Tributos na interação:

  • se tipoOrigem LANCAMENTO_CREDITO, então idTipoOrigemReceita = 1;
  • se tipoOrigem DIVIDA_ATIVA, então idTipoOrigemReceita = 2;
  • se tipoOrigem OUTROS, então idTipoOrigemReceita = 99.

O campo nrOperacao do arquivo passa a gerar conforme a regra abaixo, considerando os campos tipoOrigem(1) e idOrigem(1) enviados pelo Tributos na interação:

  • se tipoOrigem LANCAMENTO_CREDITO ou DIVIDA_ATIVA, então nrOperacao recebe o conteúdo do campo idOrigem e os campos referente a documento do contribuinte ficam vazios;
  • se tipoOrigem OUTROS, então então nrOperacao fica vazio e dados do contribuinte são preenchidos.
  • O campo idOrigem será enviado pelo Tributos na interação entre os sistemas e representa o código sequencial (Lançamento de crédito ou Dívida Ativa) correspondente ao registro da interação.

Para o sistema Tesouraria ao gerar o arquivo de prestação de contas do SIM -AM ContaBancariaCredor A regra para o idContaCredor foi atualizada, passando a verificar existência de dados em fonte dinâmica. Isso para que os credores migrados para o Cloud tenham a implantação de seus respectivos idContaCredor. Com isso, o campo idContaCredor será gerado considerando:

1- Para o respectivo credor e conta bancária selecionada no movimento, existe dados na fonte de dados dinâmica fonteSIMAMContaBancariaCredor

  • Caso sim, gera o conteúdo do campo idContaCredor dessa fonte.
  • Caso não tenha dados para esse registro na fonte do CSV (acima), então o sistema irá verificar se o campo adicional credor_1000000 do cadastro de credor está preenchido, caso sim, gera o conteúdo do campo adicional.
  • Não existindo nem dados no CSV e nem no campo adicional, o campo recebe o valor concatenado do código da agência e número da conta informada para o credor.

Para o sistema Tesouraria ao gerar o arquivo de prestação de contas do SIM -AM ContaBancariaCredor A regra para o idContaCredor foi atualizada, passando a verificar existência de dados em fonte dinâmica. Isso para que os credores migrados para o Cloud tenham a implantação de seus respectivos idContaCredor. Com isso, o campo idContaCredor será gerado considerando:

1- Para o respectivo credor e conta bancária selecionada no movimento, existe dados na fonte de dados dinâmica fonteSIMAMContaBancariaCredor

  • Caso sim, gera o conteúdo do campo idContaCredor dessa fonte.
  • Caso não tenha dados para esse registro na fonte do CSV (acima), então o sistema irá verificar se o campo adicional credor_1000000 do cadastro de credor está preenchido, caso sim, gera o conteúdo do campo adicional.
  • Não existindo nem dados no CSV e nem no campo adicional, o campo recebe o valor concatenado do código da agência e número da conta informada para o credor.

Temos certeza de que você já ouviu falar da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), não é mesmo?  Aqui na Betha estamos sempre atentos às regras dessa nova lei, realizando todas as adequações necessárias.

Por isso, buscando proporcionar maior transparência e segurança, implementamos um termo de privacidade e responsabilidade em nossos sistemas.

Agora, o usuário poderá conferir informações sobre nossa Política de Privacidade e Cookies, bem como se responsabilizará em fazer uso adequado do sistema. Confira abaixo como será esta atualização:

Assim, quando um usuário recebe acesso a uma de nossas soluções, deverá ler o conteúdo do novo termo com atenção, e depois selecionar a opção “Li e aceito o termo de responsabilidade”

Em seguida, será possível clicar em “Concluir e Acessar Sistema” para prosseguir com o uso da solução, conforme imagem a seguir:

Seguimos trabalhando em prol de uma cultura de proteção de dados e segurança das informações em nosso país, e levando sempre soluções de excelência à Gestão Pública.