Versão 6.0.28

Conheça as novidades do sistema Contabilidade (Desktop).

Matriz de Saldos Contábeis (MSC)

  • Adequada a configuração dos contas correntes do SICONFI conforme layout para 2019

Em conformidade com a nova configuração dos contas correntes do SICONFI para 2019, os mesmos terão outras informações complementares (ICs) agregadas. Acompanhe agora quais adequações foram realizadas no Contabilidade (Desktop) para o atendimento Legal:

  • Adequado o conta corrente 44 – Célula da Despesa, o qual considerará a nova informação complementar MDE e ASPS, gerando para as despesas dos mesmos os números 1 e 2 respectivamente, obrigatoriedade vigente a partir de 2019. O acesso se dá em SAPO Utilitários > Cadastros > Conta Corrente > Conta Corrente.
  • Criado o novo conta corrente 46 – Restos a Pagar, onde o mesmo gerará as ICs de Poder e Órgão (PO), Função/Subfunção, Fonte de Recurso, Natureza da Despesa, Despesas com MDE e ASPS, bem como, Ano de Inscrição dos Restos a Pagar. O acesso se dá em SAPO Utilitários > Cadastros > Conta Corrente > Conta Corrente.

  • Ajustado a geração da informação complementar(IC) Fonte de Recurso, para que realize a busca da informação diretamente do relacionamento de equivalências;

  • E o relatório da MSC também já se encontra apto para considerar as ICs Despesas com MDE e ASPS e Ano de Inscrição dos Restos a Pagar.

Para tanto, já se encontra disponível o arqjoblet responsável pelo preenchimento dos contas correntes no lançamentos de abertura, em conformidade com o layout de 2019 da Matriz de Saldos Contábeis. Tal disponibilização, conta ainda com adequações apresentadas acima, pois no conta corrente 46 – Restos a Pagar já deverão constar corretamente as informações para com a obrigatoriedade.

Acesse o arquivo por meio do Utilitários > Gerenciador de Arqjoblets > SICONFI 2019 – Matriz de Saldos Contábeis.

Em relação a geração arquivo xbrl, o mesmo também sofreu alterações para que a prestação de contas da Matriz seja realizada em conformidade com legislação.

  • Disponibilizadas as configurações de equivalências da MSC

As alterações aplicadas no Contabilidade (Desktop), têm sua vigência somente a partir desde ano de 2019. Estas suas vezes, disponibilizam as guias Recursos e MDE/ASPS, presentes na tela Informações de Equivalência por meio da funcionalidade de geração da MSC. As informações de relacionamentos podem acessadas no Módulo Financeiro > Relatórios > SICONFI > Matriz de Saldos Contábeis no botão Informações de Equivalência.

Outra alteração realizada foi a retirada da Propriedade Adicional o campo Recurso STN, presente na funcionalidade Cadastro de Especificação das Fontes de Recursos, cujo acesso se faz por meio do Módulo Financeiro > Arquivos > Recursos. Veja:

– Aprimorado o Cadastro de Documentos Fiscais

Agora o Cadastro de Documentos Fiscais traz a opção na checkbox Nota Fiscal de Serviço selecionada. Essa ação automática é resultante no momento em que você escolhe no campo Tipo Nota Fiscal a opção NF-e Municipal/Outros.

Tal melhoria proporciona mais agilidade e otimização de tempo do processo de futuros registros.

Para visualizar a melhoria, acesso o Módulo Financeiro > Empenhos > Liquidações e clique no botão Doc. Fisc..

– Aprimorada a visualização da tela de consulta e seleção de Despesas na funcionalidade Empenhos

A visualização das Despesas no Cadastro de Empenhos ficou aprimorada. No momento da inserção de um de Empenho, por meio do Módulo Financeiro > Empenhos, você depara com o preenchimento de vários campos. Por exemplo, o de Despesa, onde você consulta os registros pela tecla F2 e realiza a seleção.

Ao efetuar a consulta pela tecla de atalho, a tela se apresenta amplificada, facilitando a visualização das informações para a correta seleção da despesa.

– Criada a validação na importação do arquivo de elementos e permissão de usuário

Já está disponível a importação do arquivo de Elementos, com a confirmação do usuário responsável pelo processo, quando neste o sistema verificar que algum registro de elemento já existente.

A partir de 2018, durante a importação do arquivo de elementos, o sistema verifica se já existe algum elemento cadastrado na base de dados para o exercício e entidade em questão. Verificado que não existe elemento já cadastrado, o processo de importação segue normalmente. Caso contrário, o sistema abrirá uma tela ao usuário com a seguinte mensagem:

Para a entidade XXX, existem divergências entre o arquivo de elementos e os elementos cadastrados na base de dados. Deseja atualizar a base de dados conforme o arquivo de elementos?”

Se o usuário confirmar clicando em Sim, o sistema realizará o processo de importação do arquivo mantendo seu funcionamento atual na versão de mercado. Optando por Não, o processo será abortado.

– Adequada a geração do arquivo DIRF para o ano de 2019

Está provida a geração da DIRF em 2019 referente ao ano base de 2018, conforme a Instrução Normativa RFB nº 1.836, de 03 de outubro de 2018.

Para acessá-la, utilize o Módulo Financeiro > Relatórios > Diários > Notas emitidas > Gerar arquivo DIRF.

Clique aqui e realize o download do programa gerador, e realize a leitura do Ato Declaratório Executivo COFIS Nº 71, de 05 de outubro de 2018.

– Possibilitada a visualização do número do Documento no relatório da Conciliação Bancária

Você agora poderá visualizar o número do Documento também no relatório da Conciliação Bancária.

Ao realizar o pagamento por meio do Módulo Tesouraria, informando o número do documento na Ordem de Pagamento, é permitido visualizar a primeira informação clicando na opção Demonstrar documentos. Isso ocorre quando é indicado o campo cheque/OrdemBancária.

Acesse a funcionalidade aprimorada por meio do menu Relatórios > Diários > Razão Analítico > Conciliação Bancária.