e-Sfinge: Como realizar sua geração e envio pelo Contábil (Cloud)?

Os sistemas responsáveis pela geração dos arquivos ao e-Sfinge são:

A forma de envio de cada entidade, é sempre Webservice. Quanto aos tipos de envio poderá ser Controle Interno (CI) ou Unidade Gestora (UG), dependendo da entidade que está enviando os dados.

No CI, o envio dos arquivos no Planejamento está sob responsabilidade da entidade Prefeitura e de forma consolidada.

E contrário dos sistemas Desktop, no Cloud, o envio dos arquivos do CI ocorre de forma unificada por meio do script que busca os dados apenas no Planejamento (Cloud).

Já a entidade Câmara, realiza a geração somente dos arquivos Componente Fiscal e Publicidade Relatório Fiscal por meio do mesmo script do Planejamento (Cloud).

Já o envio dos arquivos referentes a UG, são realizados pelas entidades Prefeitura, Fundos, Câmaras, entre outros. 

Logo, a sua geração é realizada pelo script que busca os dados do Contábil.

Para a geração dos arquivos referentes a UG, bem como, o CI, que veremos logo mais, ambos são realizados pelo sistema Prestação de Contas, ou seja, eles não são gerados pelos sistemas Contábil e Planejamento (Cloud).

Ao acessar o Prestação de Contas, clique em Gerenciador de Scripts. Automaticamente você será redirecionado a um novo ambiente, Scripts.

Após, selecione o script desejado, neste contexto o qual estamos abordando o envio do arquivos referentes ao Contábil (UG), clique sobre [CONTABILIDADE] e-Sfinge 202X – Enviar dados e em EXECUTAR. Logo, realize o preenchimento dos seguintes parâmetros para geração.

Gerar arquivos e validador: Nesta opção o sistema efetua a geração dos arquivos para o TCE, bem como, retorna outro arquivo da validação dos dados com possíveis inconsistências.

Apenas gerar os arquivos: Nesta opção apenas são gerados os arquivos, sem retorno das validações.

Apenas validar os arquivos: E nesta, os arquivos são apenas validados, ou seja, não são gerados os respectivos arquivos ao TCE.

Campos devidamente preenchidos, basta clicar em EXECUTAR.

Ao lado do botão EXECUTAR existe uma pequena flecha que disponibiliza outra ação: AGENDAR. Ao clicar sobre esta opção, automaticamente a tela de agendamento é apresentada para preenchimento.
É interessante seu uso, principalmente se você deseja acompanhar a consistência das informações no decorrer do período, principalmente com o início do envo diário, e assim, poder realizar os ajustes antecipadamente.

É possível acompanhar a execução pela listagem do ambiente, bem como, o resultado com os arquivos que foram gerados e/ou validados:

Após o término da execução, ao clicar em RESULTADO, são apresentados os arquivos gerados e validações para possíveis ajustes.

Confira exemplos de validações apresentadas pelo sistema Prestação de Contas.

Essa mensagem é proveniente do cadastro de Entidades, o qual o campo Código TCE não está informado. Para informá-lo, acesse o sistema Contábil e no menu Administrando > Estrutura organizacional > Entidades preencha o respectivo campo localizado na guia CAMPOS ADICIONAIS.

Essa pré-validação ocorre quando o conta corrente do contrato está incorreto. E para verificá-lo, acesse a funcionalidade Escriturações de documentos e localize o lançamento contábil, neste exemplo, o pagamento do empenho nº 2276 e analise as informações nos componentes do respectivo CC-14. 

Para agilizar a busca, utilize a Pesquisa avançada e no campo Documentos, selecione a opção Pagamento. Após basta informar o número do empenho. Observe:

Como citado anteriormente, para o envio das informações ao e-Sfinge referente o Controle Interno se dá de foma unificada pela entidade Prefeitura. Já a Câmara realiza a geração somente dos arquivos Componente Fiscal e Publicidade Relatório Fiscal. Ambos utilizam mesmo script [PLANEJAMENTO] e-Sfinge 2020 – Enviar dados.

Assim, igualmente a UG, para enviar os arquivos do CI, acesse o sistema o Prestação de Contas, clique em Gerenciador de Scripts. Automaticamente você será redirecionado a um novo ambiente, Scripts.

Selecione o script já citado e clique em EXECUTAR. Logo, realize o preenchimento dos seguintes parâmetros para geração.

Gerar arquivos e validador: Nesta opção o sistema efetua a geração dos arquivos para o TCE, bem como, retorna outro arquivo da validação dos dados com possíveis inconsistências.

Apenas gerar os arquivos: Nesta opção apenas são gerados os arquivos, sem retorno das validações.

Apenas validar os arquivos: E nesta, os arquivos são apenas validados, ou seja, não são gerados os respectivos arquivos ao TCE.

Campos devidamente preenchidos, basta clicar em EXECUTAR.

Assim como no script do Contábil, ao lado do botão EXECUTAR existe uma pequena flecha que disponibiliza outra ação: AGENDAR. Ao clicar sobre esta opção, automaticamente a tela de agendamento é apresentada para preenchimento.
É interessante seu uso, principalmente se você deseja acompanhar a consistência das informações no decorrer do bimestre e realizar os ajustes antecipadamente.

E acompanhe também a execução pela listagem do ambiente, bem como, o resultado com os arquivos que foram gerados e/ou validados: